Acompanhe:

Total de cheques sem fundo aumenta 1,92%

Segundo o SPC, 1,92% dos cheques foram devolvidos em outubro; empresas acumulam aumento da inadimplência no ano

Modo escuro

Continua após a publicidade
O número de cheques sem fundo aumentou em outubro também em relação ao ano passado (Stock.xchng)

O número de cheques sem fundo aumentou em outubro também em relação ao ano passado (Stock.xchng)

W
Wladimir D'Andrade

Publicado em 21 de novembro de 2011 às, 14h46.

São Paulo - O número de cheques devolvidos por falta de fundos aumentou em outubro, segundo antecipou à Agência Estado a Boa Vista, empresa administradora do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC). Em setembro, o número de documentos devolvidos em proporção aos compensados era de 1,82% e passou para 1,92% no mês seguinte, cifra superior também à verificada em outubro do ano passado (1,57%). No acumulado do ano até outubro, foram devolvidos 1,92% dos cheques, ante o 1,78% do mesmo período de 2010.

O resultado no mês de outubro representa aumento de 7,9% em relação ao número de cheques sem fundos de setembro. As devoluções de pessoas jurídicas cresceram 11,1% no acumulado deste ano até outubro em relação ao mesmo período de 2010. As devoluções de pessoas físicas, por outro lado, caíram 4,9% na mesma base de comparação.

Em outubro deste ano em comparação com o mesmo mês de 2010, os cheques devolvidos de pessoas jurídicas cresceram 28,5%, enquanto os de pessoas físicas subiram 11,96%. "Tanto as variações acumuladas quanto as anuais ainda refletem os efeitos das políticas de restrição ao crédito e altas dos juros ocorridas desde o final de 2010, que contribuíram para o crescimento do índice no período e foram parcialmente modificadas recentemente", afirma relatório da Boa Vista.

O comportamento dos cheques, segundo a Boa Vista, deve sofrer com as incertezas do cenário econômico e seus reflexos sobre a economia brasileira. "As novas medidas de incentivo à utilização do crédito, instituídas pelo Banco Central em novembro, e a perspectiva de diminuição das taxas de juros, por outro lado, podem minimizar estes efeitos."

Últimas Notícias

Ver mais
'Brasil é fundamental para blockchain", revela Avalanche, rede da criptomoeda AVAX
Future of Money

'Brasil é fundamental para blockchain", revela Avalanche, rede da criptomoeda AVAX

Há 18 horas

Empresa de criador do Twitter lança no Brasil "camada de segurança" para transações internacionais
Future of Money

Empresa de criador do Twitter lança no Brasil "camada de segurança" para transações internacionais

Há 21 horas

Em busca de brigadeiro e pão de queijo: fintech chilena capta US$ 9,3 milhões e chega ao Brasil
seloNegócios

Em busca de brigadeiro e pão de queijo: fintech chilena capta US$ 9,3 milhões e chega ao Brasil

Há um dia

Visa quer modernizar e baratear transações internacionais com nova tecnologia
Future of Money

Visa quer modernizar e baratear transações internacionais com nova tecnologia

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais