Acompanhe:

Teixeira cobra agilidade para resolver caso de São Paulo

O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, não quis estipular um prazo para definir a situação de São Paulo, mas reforçou a urgência do caso

Modo escuro

Continua após a publicidade
Ricardo Teixeira, presidente da CBF: ´estamos perigosamente perto da data limite` (.)

Ricardo Teixeira, presidente da CBF: ´estamos perigosamente perto da data limite` (.)

D
Da Redação

Publicado em 10 de outubro de 2010 às, 03h45.

Johannesburgo - O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e do Comitê Organizador da Copa de 2014, Ricardo Teixeira, cobrou nesta quinta-feira uma solução rápida para a situação de São Paulo na organização da competição que acontecerá daqui a quatro anos no Brasil. Com o veto ao Morumbi, a capital paulista precisa arranjar um estádio para receber os jogos. "Estamos perigosamente perto da data limite", avisou o dirigente, durante entrevista coletiva promovida pela Fifa no Estádio Soccer City, em Johannesburgo, na África do Sul.

Ricardo Teixeira não quis estipular um prazo para definir a situação, mas reforçou a urgência do caso. "A questão de São Paulo tem que ser logo definida, o mais urgente possível", disse o dirigente, que teve um encontro na noite de quarta-feira, em Johannesburgo, com o prefeito da capital paulista, Gilberto Kassab. "Não ficou nada definido nessa conversa. Ele está em férias. Quando voltarmos ao Brasil, teremos uma reunião com o governador (Alberto Goldman) no dia 19 ou 20 de julho para definirmos o papel que São Paulo terá na Copa."

Apesar do impasse com o estádio de São Paulo, Ricardo Teixeira disse nesta quinta-feira que "as coisas estão relativamente em dia" na preparação do Brasil para receber a Copa de 2014. "Alguns estádios já começaram as obras. Minas Gerais, por exemplo, está bem", explicou o dirigente, que reconheceu existir uma "dúvida" com Curitiba, por causa dos problemas financeiros para reformar a Arena da Baixada. Ele também ressaltou que sua maior preocupação continua sendo a modernização e ampliação dos aeroportos brasileiros.

Também presente na entrevista coletiva da Fifa sobre a Copa de 2014, o técnico Carlos Alberto Parreira revelou que espera um grande Mundial no Brasil, mas cobrou agilidade das autoridades. "Se o Brasil seguir os passos daqui da África do Sul, tenho certeza de que vamos fazer uma grande Copa. Precisamos ter agilidade nas decisões e que a burocracia não seja um empecilho" avaliou o treinador, que deixou o comando da seleção sul-africana após a eliminação ainda na primeira fase da competição que acaba no próximo domingo.

Leia mais notícias sobre Copa do Mundo
 

Últimas Notícias

Ver mais
Gabriel Medina vence ISA Games e conquista vaga para Paris 2024
Esporte

Gabriel Medina vence ISA Games e conquista vaga para Paris 2024

Há 15 horas

Athletic Bilbao x Barcelona: onde assistir, horário e escalações do jogo pela La Liga
Esporte

Athletic Bilbao x Barcelona: onde assistir, horário e escalações do jogo pela La Liga

Há 15 horas

Manchester City x Manchester United: onde assistir, horário e escalações do jogo pela Premier League
Esporte

Manchester City x Manchester United: onde assistir, horário e escalações do jogo pela Premier League

Há 15 horas

Fluminense x Botafogo: onde assistir, horário e escalações do jogo pelo Campeonato Carioca
Esporte

Fluminense x Botafogo: onde assistir, horário e escalações do jogo pelo Campeonato Carioca

Há 23 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais