Acompanhe:

Relator volta atrás e acata emenda ao arcabouço que permite despesas condicionadas no Orçamento

A emenda acatada permite incluir uma permissão para que o Orçamento de 2024 seja enviado ao Congresso com a previsão de despesas condicionadas

Modo escuro

Continua após a publicidade
A ministra do Planejamento, Simone Tebet, defendeu mais cedo a emenda em reunião de comissões da Câmara dos Deputados (Pablo Valadares/Agência Câmara)

A ministra do Planejamento, Simone Tebet, defendeu mais cedo a emenda em reunião de comissões da Câmara dos Deputados (Pablo Valadares/Agência Câmara)

O senador Omar Aziz (PSD-AM) voltou atrás e decidiu acatar uma emenda de plenário ao texto do novo arcabouço fiscal que define regras para a substituição do atual teto de gastos, com objetivo de evitar o descontrole das contas públicas. A mudança acolhida foi proposta pelo líder do governo no Congresso, senador Randolfe Rodrigues (Sem partido-AP), e atende a um apelo do Ministério do Planejamento.

A emenda acatada permite incluir uma permissão para que o Orçamento de 2024 seja enviado ao Congresso com a previsão de despesas condicionadas, que só seriam executadas após aprovação de crédito extraordinário pelo Legislativo.

Simone Tebet

A ministra do Planejamento, Simone Tebet, defendeu mais cedo a emenda em reunião de comissões da Câmara dos Deputados. Ela também passou pelo plenário do Senado.

"É criar uma despesa condicionada na nossa LDO e, principalmente na nossa LOA, cujos valores e ministérios serão de responsabilidade da Câmara, porque nós vamos colocar como despesa discricionária, exatamente para que todos os parlamentares tenham a liberdade para alocar no Ministério dos Transportes, Infraestrutura e tudo mais", declarou Tebet.

No início da discussão no plenário, Aziz afirmou que não havia acatado nenhuma nova emenda em relação ao texto que já havia passado pelo crivo da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), pela manhã. Ele disse que todas as emendas de plenário repetiam os temas analisados na CAE, por isso foram rejeitadas. No meio da discussão, após um apelo de Randolfe, ele voltou atrás e comunicou a decisão aos senadores.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Exclusivo: líder do União Brasil na Câmara, Elmar Nascimento, é entrevistado da EXAME desta sexta
Economia

Exclusivo: líder do União Brasil na Câmara, Elmar Nascimento, é entrevistado da EXAME desta sexta

Há 3 horas

Fed vê quadro para inflação menor sem desemprego
Economia

Fed vê quadro para inflação menor sem desemprego

Há 4 horas

Governo deve editar nova MP da reoneração e só depois fará projeto de lei
Economia

Governo deve editar nova MP da reoneração e só depois fará projeto de lei

Há 5 horas

No Brasil, Yellen deve exaltar força da economia global e se reunir com Haddad
Economia

No Brasil, Yellen deve exaltar força da economia global e se reunir com Haddad

Há 5 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais