Receita com venda de genéricos sobe 29,3% em janeiro

O valor no mês chegou a R$ 978 milhões na comparação com R$ 756 milhões no mesmo mês de 2012

São Paulo – As receitas com vendas de medicamentos genéricos no Brasil tiveram alta de 29,3% em janeiro de 2013 na comparação com igual mês do ano anterior, de acordo com dados da Associação Brasileira das Indústrias de Medicamentos Genéricos (PróGenéricos).

O valor no mês chegou a R$ 978 milhões contra R$ 756 milhões em 2012. Em volume de vendas, foram comercializadas no mês 59 milhões de unidades de medicamentos, crescimento de 22 3% na comparação com o ano anterior.

O resultado foi considerado pela PróGenéricos uma recuperação do desempenho de vendas depois de 2012 ter sido um ano fraco. O crescimento das vendas em volume foi de 17% no ano passado, na comparação com 2013, índice que a entidade acredita ser o mais fraco da história dos genéricos.

A participação dos genéricos na venda de medicamentos também cresceu. O “market share” dos genéricos em janeiro foi de 26,6% do total de unidades comercializadas, contra 25,6% no mesmo período do ano passado.

A PróGenéricos projeta para 2013 um crescimento de 25% nas vendas em unidades. A expectativa da associação é fechar o ano com 30% de participação no mercado.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.