Petrobras anuncia redução de R$ 0,20 no preço do diesel, a primeira em 15 meses

A redução do preço do diesel vem em meio à queda dos preços do petróleo no mercado internacional. A última redução havia sido em maio de 2021
Caminhão em refinaria da Petrobras: redução de 4% no preço do diesel (Diego Vara/Reuters)
Caminhão em refinaria da Petrobras: redução de 4% no preço do diesel (Diego Vara/Reuters)
C
Carolina Riveira

Publicado em 04/08/2022 às 12:16.

Última atualização em 04/08/2022 às 13:03.

A Petrobras anunciou nesta quinta-feira, 4, redução de 3,6% no preço do diesel.

O preço médio de venda nas refinarias da estatal passará de R$ 5,61 para R$ 5,41 por litro, com corte de R$ 0,20.

Vá além do básico. Assine a EXAME e tenha acesso ilimitado às principais notícias e análises.

O novo preço passa a valer nas refinarias da estatal a partir de sexta-feira, 5.

Esse é o primeiro corte da Petrobras no preço do diesel em 15 meses. A última redução no diesel havia sido em 1º de maio de 2021.

As reduções da Petrobras acontecem em meio à queda do preço do barril de petróleo no mercado internacional, com os temores de uma recessão global derrubando o preço da commodity.

VEJA TAMBÉM: Petróleo despenca com fraqueza de atividade industrial no mundo

Em julho, devido à mesma movimentação, a Petrobras já havia reduzido duas vezes o preço da gasolina nas refinarias, mas o preço do diesel se manteve inalterado na ocasião.

Petróleo mais barato

Após ter encostado em quase US$ 130 neste ano com a guerra na Ucrânia, o preço do barril do tipo Brent (usado como referência pela Petrobras) teve quedas consistentes em junho e julho.

O Brent caiu para baixo do patamar de US$ 100 e era cotado a US$ 94 no início da tarde desta quinta-feira.

A Petrobras afirmou em nota nesta quinta-feira que a redução do diesel "acompanha a evolução dos preços de referência, que se estabilizaram em patamar inferior para o diesel".

VEJA TAMBÉM: Após R$ 88 bi em dividendos, Petrobras (PETR4) tem espaço para mais no 3º tri?

A estatal informou ainda que a variação "é coerente com a prática de preços da Petrobras, que busca o equilíbrio dos seus preços com o mercado global, mas sem o repasse para os preços internos da volatilidade conjuntural das cotações internacionais e da taxa de câmbio".

Quanto cairá o preço do diesel

Ao consumidor final, o preço médio do litro de diesel no Brasil ficou em R$ 7,51 na semana encerrada em 30 de julho, segundo medição semanal da Agência Nacional de Petróleo e Biocombustíveis (ANP).

Das refinarias até a bomba, o preço final ao consumidor inclui ainda tributos, custos e margem de lucro na cadeia de distribuição.

Uma vez que 10% do litro de diesel que chega aos postos contém biodiesel por lei, a fatia da Petrobras no preço final, que era de R$ 5,05 em média, cai agora para R$ 4,87 com a redução divulgada hoje. A variação pode implicar em uma redução de ao menos R$ 0,18 no litro que é vendido ao consumidor.

Mas o restante do preço final na bomba, na prática, varia para mais ou para menos nos diferentes postos e estados.

Além disso, a redução da Petrobras se refere somente ao preço nas refinarias da estatal, que respondem por cerca de 70% do diesel consumido no Brasil. O restante é vendido por importadores ou refinarias privatizadas.

Vá além do básico. Assine a EXAME e tenha acesso ilimitado às principais notícias e análises.