Acompanhe:

Mercado vê Selic a 5,50% em 2019 e mantém projeção de crescimento do PIB

Pesquisa Focus também manteve previsão para o valor do dólar, em R$ 3,75

Modo escuro

Continua após a publicidade
Selic: mercado reduziu pela segunda vez seguida a expectativa para a taxa básica de juros em 2020 (Marcello Casal jr/Agência Brasil)

Selic: mercado reduziu pela segunda vez seguida a expectativa para a taxa básica de juros em 2020 (Marcello Casal jr/Agência Brasil)

R
Reuters

Publicado em 29 de julho de 2019 às, 09h14.

Última atualização em 29 de julho de 2019 às, 09h41.

São Paulo — O mercado reduziu pela segunda vez seguida a expectativa para a taxa básica de juros em 2020 e passou a ver estabilidade da Selic ao longo do ano que vem no patamar esperado para o fim de 2019.

Para o Produto Interno Bruto (PIB), não houve mudanças nas estimativas de crescimento de 0,82% e 2,10% respectivamente em 2019 e 2020. Entretanto, o cenário para a indústria este ano piorou com força, com uma projeção de crescimento de 0,50%, contra 0,66% antes.

A pesquisa Focus que o Banco Central divulgou nesta segunda-feira mostra que a expectativa para a Selic ao final de 2020 caiu de 5,75% a 5,50%, mesmo nível esperado para o fim deste ano.

Atualmente a Selic está no piso histórico de 6,5%. O BC se reúne na quarta-feira, com expectativa em pesquisa da Reuters de um corte de 0,25 ponto percentual, levando a Selic para 6,25%.

O Top-5, grupo dos que mais acertam as previsões, também vê a Selic a 5,50% ao fim de 2019, mas elevou a conta para o próximo ano a 5,63% na mediana das projeções, de 5,50% antes.

O levantamento com mais de uma centena de economistas apontou ainda que a expectativa para a alta do IPCA aumentou 0,02 ponto percentual para este ano, a 3,80%, permanecendo em 3,90% em 2020. Antes, a previsão é

O centro da meta oficial de 2019 é de 4,25% e, de 2020, de 4%, ambos com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou menos.

Câmbio

O relatório mostrou também a manutenção no cenário para o dólar em 2019. A mediana das expectativas para o câmbio no fim deste ano seguiu em R$ 3,75, ante R$ 3,80 de um mês atrás.

Para o próximo ano, a projeção para o câmbio permaneceu em R$ 3,80, igual ao verificado quatro pesquisas atrás.

Superávit comercial

Os economistas do mercado financeiro alteraram a projeção para a balança comercial em 2019 na pesquisa Focus, de superávit comercial de US$ 51,00 bilhões para superávit de US$ 52,00 bilhões. Um mês atrás, a previsão era de US$ 50,80 bilhões. Para 2020, a estimativa de superávit passou de US$ 46,50 bilhões para US$ 46,40 bilhões. Há um mês, também estava em US$ 46,40 bilhões.

Na estimativa mais recente do BC, o saldo positivo de 2019 ficará em US$ 46,0 bilhões. Esta projeção foi atualizada no Relatório Trimestral de Inflação (RTI) de junho.

Conta corrente

No caso da conta corrente, a previsão contida no Focus para 2019 saiu de déficit de US$ 23,00 bilhões para déficit de US$ 22,00 bilhões, ante US$ 22,80 bilhões de um mês antes. Para 2020, a projeção de rombo foi de US$ 32,80 bilhões para US$ 32,50 bilhões. Um mês atrás, o rombo projetado era de US$ 33,00 bilhões.

O BC projeta déficit em conta de US$ 19,3 bilhões em 2019.

Para os analistas consultados semanalmente pelo BC, o ingresso de Investimento Direto no País (IDP) será mais do que suficiente para cobrir o resultado deficitário nos próximos anos. A mediana das previsões para o IDP em 2019 seguiu em US$ 85,00 bilhões, igual a um mês atrás. Para 2020, a expectativa foi de US$ 84,20 bilhões para US$ 85,28 bilhões, ante US$ 84,36 bilhões de um mês antes.

O BC projeta IDP de US$ 90,0 bilhões.

Últimas Notícias

Ver mais
Aumenta a confiança da indústria, diz pesquisa da FGV
Economia

Aumenta a confiança da indústria, diz pesquisa da FGV

Há 21 horas

IFI reduz estimativa para dívida bruta em 2024, de 78,8% para 77 7% do PIB
Economia

IFI reduz estimativa para dívida bruta em 2024, de 78,8% para 77 7% do PIB

Há um dia

Blinken diz que Argentina 'pode contar' com EUA para estabilizar sua economia
Economia

Blinken diz que Argentina 'pode contar' com EUA para estabilizar sua economia

Há um dia

Governo prorroga inscrições de programa para participação de mulheres no comércio exterior
Economia

Governo prorroga inscrições de programa para participação de mulheres no comércio exterior

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais