Acompanhe:

Base está amadurecida porque o governo fez a lição de casa, afirma Elmar Nascimento

Em entrevista ao programa Macro em Pauta da EXAME, o deputado disse que o cenário de articulação do governo com o Congresso está mais ajustado em 2024

Modo escuro

Continua após a publicidade
Elmar Nascimento: deputado é líder do União Brasil (Gunther Werk/Exame)

Elmar Nascimento: deputado é líder do União Brasil (Gunther Werk/Exame)

Publicado em 23 de fevereiro de 2024 às, 16h15.

Última atualização em 27 de fevereiro de 2024 às, 10h06.

O líder do União Brasil na Câmara dos DeputadosElmar Nascimento (BA), afirmou nesta sexta-feira, 23, que a base do governo no Lula no Congresso está muito mais amadurecida em comparação com o início da gestão em 2023 e que a gestão petista fez a "lição de casa".

"A base está muito mais amadurecida porque o governo fez a lição de casa. O resultado da eleição significou que a base eleita junto com o presidente era algo em torno 130 deputados. E o recado das urnas foi que para governar, ele precisaria ampliar. E Lula fez isso através de um processo de negociação que incluiu com partidos que não participaram da campanha do candidato adversários, mas não apoiaram [o Lula]", disse Nascimento, durante entrevista ao programa Macro em Pauta, da EXAME.

O deputado pela Bahia citou partidos como PSD, União Brasil, MDB, Republicanos e PP, além de mostrar que o resultado dessa articulação foi a entrada de deputados desses partidos em ministérios de Lula.

"Foi criado um diálogo via os líderes, e convidando pessoas importantes e influentes, respectivamente em suas bancadas. Como foi os casos do André Fufuca (ministro dos Esportes) que era líder do PP e o Silvio (ministro dos Portos) que era vice-líder do Republicanos, para agregar apoio e foi importante e dá uma base e tranquilidade para o governo possa enviar as propostas", disse.

Encontro com Lula, Lira e líderes da Câmara

Questionado sobre o encontro entre Lula, Lira e os líderes da Câmara dos Deputados, Elmar disse que a reunião teve um caráter mais informal, como uma confraternização. O líder do União Brasil afirmou ainda que o presidente agradeceu os deputados pela colaboração em 2023 e prometeu novos encontros no decorrer do ano.

"Foi muito mais um encontro de confraternização. O presidente convidou todos os líderes em uma reunião superdescontraída, falamos sobre uma diversidade de temas, seja de futebol ou da vida familiar. Ele queria agradecer a tramitação de todos os projetos, considerando desde a legislatura passada, com a PEC da transição, até o arcabouço fiscal e reforma tributária, que foram postos e colocaram o Brasil nos trilhos. Agradeceu a parceria e disse que a reunião era muito importante e que tornaria nesse ano uma constante maior desses encontros informais para que a gente possa debater na informalidade e possa planejar os próximos passos", explicou.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Fux autoriza inquérito para investigar Nikolas Ferreira por chamar Lula de 'ladrão'
Brasil

Fux autoriza inquérito para investigar Nikolas Ferreira por chamar Lula de 'ladrão'

Há 14 horas

Câmara mantém prisão de Chiquinho Brazão por caso Marielle
Brasil

Câmara mantém prisão de Chiquinho Brazão por caso Marielle

Há 15 horas

CCJ da Câmara dá aval para prisão de Chiquinho Brazão no caso Marielle
Brasil

CCJ da Câmara dá aval para prisão de Chiquinho Brazão no caso Marielle

Há 19 horas

Governo Lula fará novo heliponto no Planalto até para carro voador; custo é de R$ 769 mil
Brasil

Governo Lula fará novo heliponto no Planalto até para carro voador; custo é de R$ 769 mil

Há 21 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais