Acompanhe:

Índice de famílias paulistanas endividadas cai em agosto

No comparativo anual, a redução foi 31 mil famílias, já que em agosto de 2012 somou 1,91 milhão

Modo escuro

Continua após a publicidade

	Cartão de crédito: tipo de dívida mais comum foi a do cartão de crédito, forma de pagamento utilizada por 70,2% das famílias analisadas
 (Getty Images)

Cartão de crédito: tipo de dívida mais comum foi a do cartão de crédito, forma de pagamento utilizada por 70,2% das famílias analisadas (Getty Images)

F
Fernanda Cruz

Publicado em 9 de setembro de 2013 às, 11h33.

São Paulo – O índice de famílias endividadas na capital paulista ficou em 52,6% no mês de agosto, uma queda de 4,4 pontos percentuais na comparação com julho. Em relação ao mesmo período do ano passado, quando o índice havia ficado em 53,5%, houve queda de 0,9 pontos percentuais.

Os dados apresentados pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) mostram ainda que, em números absolutos, 1,88 milhão de famílias estavam endividadas em agosto, contra 2,04 milhões em julho. No comparativo anual, a redução foi 31 mil famílias, já que em agosto de 2012 somou 1,91 milhão.

Segundo a pesquisa, cerca de 245 mil famílias paulistanas acreditam que não conseguirão pagar total ou parcialmente as contas. Os grupos mais endividados foram os de renda mais baixa. Nas famílias que ganham até dez salários mínimos, o percentual de endividamento foi 56,3%, uma queda de 2,9 pontos porcentuais em relação a julho.

As famílias que recebem acima dessa faixa tiveram endividamento de 42%, redução de de 8,4 pontos porcentuais em relação ao mês anterior.

O tipo de dívida mais comum foi a do cartão de crédito, forma de pagamento utilizada por 70,2% das famílias analisadas. Em seguida, ficaram os carnês (18,2%), o financiamento de carro (15,6%), crédito pessoal (15,1%), financiamento de casa (9,2%) e cheque especial (8,4%).

Últimas Notícias

Ver mais
Brasil e outros 121 países fecham acordo para aumentar investimentos estrangeiros
Economia

Brasil e outros 121 países fecham acordo para aumentar investimentos estrangeiros

Há 10 horas

Ministros de Finanças do G20 se reúnem em São Paulo nesta semana
Economia

Ministros de Finanças do G20 se reúnem em São Paulo nesta semana

Há 13 horas

Aumenta a confiança da indústria, diz pesquisa da FGV
Economia

Aumenta a confiança da indústria, diz pesquisa da FGV

Há um dia

IFI reduz estimativa para dívida bruta em 2024, de 78,8% para 77 7% do PIB
Economia

IFI reduz estimativa para dívida bruta em 2024, de 78,8% para 77 7% do PIB

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais