Guedes tranquiliza mercado e nega saída do governo

Notícia ajudou nas perdas da bolsa de valores, com o Ibovespa caindo 1,93%

Brasília — O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou à Reuters que há "zero fundamento" em notícia sobre sua saída do governo no início do próximo ano.

Mais cedo, o Diário da Amazônia publicou que Guedes deverá deixar o governo em fevereiro e que estava apenas esperando a aprovação da reforma da Previdência e a consolidação da reforma tributária.

Profissionais do mercado financeiro citaram a notícia como fator que ajudou nas perdas da bolsa. Principal índice de ações brasileiro, o Ibovespa caiu 1,93% nesta segunda-feira, a 100.572,77 pontos, menor fechamento desde 3 de setembro.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.