Economia

Grande maioria é contra reforma da Previdência, mostra Datafolha

Sete em cada dez entrevistados disseram ser contra a reforma da Previdência, principal aposta do governo Temer para reduzir o déficit das contas públicas

 (Ueslei Marcelino/Reuters)

(Ueslei Marcelino/Reuters)

R

Reuters

Publicado em 1 de maio de 2017 às 14h24.

São Paulo - A maior parte dos brasileiros se opõe à proposta do presidente Michel Temer de reforma do sistema previdenciário do país e acredita que a reforma trabalhista beneficiará mais os empresários do que os trabalhadores, de acordo com pesquisa Datafolha publicada nesta segunda-feira.

Sete em cada dez entrevistados disseram ser contra a reforma da Previdência, principal aposta do governo Temer para reduzir o déficit das contas públicas e tirar a maior economia da América Latina da sua pior recessão já registrada. Apenas 23 por cento defendem a reforma.

Temer prometeu dar continuidade às reformas apesar da resistência. Na última sexta-feira, milhares de brasileiros saíram às ruas durante o dia de greve geral contra as reforma convocado pelas principais centrais sindicais.

No Congresso, o governo teve que ceder em alguns aspectos da reforma da Previdência -- como a regime de transição e a idade mínima para aposentadoria das mulheres-- para garantir maior apoio às mudanças.

O Datafolha apurou que 64 por cento dos brasileiros acreditam que os empresários são favorecidos em detrimento dostrabalhadores nas leis que tornaram o mercado de trabalho mais flexível e que foram aprovadas na Câmara na semana passada.

A pesquisa mostrou também que 63 por cento dos entrevistados acham o mesmo da terceirização.

Acompanhe tudo sobre:Michel TemerReforma da PrevidênciaReforma trabalhista

Mais de Economia

Meta de inflação não é para se discutir, é para se perseguir, afirma Galípolo, diretor do BC

Confiança do empresário da indústria cai em abril, mostra pesquisa da CNI

Comissão Mista de Orçamento volta ao trabalho nesta quarta-feira

Mais na Exame