Governo da Argentina anuncia saída de Silvina Batakis do ministério da Economia

Ela sai menos de um mês depois de ter assumido a titularidade da pasta; Alberto Fernández anunciou ainda que quer unificar pastas de Economia, Agricultura e outras duas em um ministério só
Argentina: presidente Alberto Fernandez e ex-ministra Silvina Batakis (Tomas Cuesta/Getty Images)
Argentina: presidente Alberto Fernandez e ex-ministra Silvina Batakis (Tomas Cuesta/Getty Images)
E
Estadão Conteúdo

Publicado em 28/07/2022 às 19:09.

Última atualização em 29/07/2022 às 05:44.

A Argentina confirmou há pouco a saída de Silvina Batakis do Ministério da Economia, menos de um mês depois de ter assumido a titularidade da pasta.

Em comunicado, o governo de Alberto Fernández anunciou ainda uma reestruturação de seu gabinete, com a criação de um ministério único que inclui as pastas de Economia, Agricultura, Pesca e Pecuária e Desenvolvimento Produtivo, que será chefiado por Sergio Massa, atual presidente da Câmara dos Deputados.

"O presidente Alberto Fernández decidiu reorganizar as áreas econômicas de seu gabinete para melhor funcionamento, coordenação e gestão", diz a nota, que esclarece que as "relações com organizações de crédito internacionais, bilaterais e multilaterais" ligadas aos ministérios unificados também serão movidas.

LEIA TAMBÉM:

Fila para saque, falta de cédulas e inflação em alta: a rotina dos turistas na Argentina

Tesouro em dólares é encontrado enterrado em lixão na Argentina

Além da Argentina, real ganha poder de compra em outros países da América Latina