Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

Focus reduz expectativas para Selic a 7% em 2017

Previsão foi alterada após o BC cortar a Selic em 1 ponto percentual, a 8,25 por cento ao ano, na semana passada

São Paulo - Economistas de instituições financeiras passaram a ver a taxa básica de juros ainda mais baixa neste ano e no próximo, com inflação menor e melhora na perspectiva para o crescimento econômico.

A pesquisa Focus divulgada pelo Banco Central nesta segunda-feira mostrou que a perspectiva para a Selic em 2017 caiu a 7 por cento, de 7,25 por cento antes, enquanto que para 2018 foi a 7,25 por cento, de 7,5 por cento.

Com isso, a expectativa geral para este ano se alinha à do grupo que mais acerta as previsões, o Top 5, que continua vendo a taxa básica a 7 por cento. Porém, o Top-5 manteve a expectativa de que a Selic terminará 2018 também nesse patamar.

Na semana passada, o BC cortou a Selic em 1 ponto percentual, a 8,25 por cento ao ano, e indicou que vai desacelerar o ritmo de reduções de forma "gradual".

Para a reunião de política monetária de outubro, os economistas consultados pelo BC para a pesquisa semanal mantiveram a perspectiva de um corte de 0,75 ponto percentual na Selic.

Entretanto, para o encontro seguinte, em dezembro, a expectativa de redução aumentou para 0,5 ponto, contra 0,25 ponto esperados anteriormente.

O afrouxamento monetário acontece em meio a um cenário cada vez mais favorável da inflação, mesmo com sinais um pouco mais consistentes de recuperação econômica.

Em relação à alta do IPCA, as contas no Focus mostraram redução tanto para 2017 quanto para 2018. Para este ano, a expectativa de inflação passou a 3,14 por cento, 0,24 ponto percentual a menos do que na semana anterior, enquanto que para o ano que vem foi a 4,15 por cento, 0,03 ponto a menos.

Em relação à atividade econômica, o Produto Interno Bruto (PIB), deve crescer 0,6 por cento em 2017 na mediana das projeções, uma melhora de 0,10 ponto percentual ante o levantamento anterior. Para 2018, a conta também melhorou, a uma expansão de 2,10 por cento, de 2 por cento.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também