Fazenda atualiza taxas cobradas por ANS e Susep

A taxa de saúde terá 5 valores. Por plano de assistência à saúde será de R$ 5,39; por registro de produto, R$ 2.696,73 e por registro de operadora, R$ 5.393,47

Brasília - O Ministério da Fazenda atualizou os valores de taxas cobradas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e pela Superintendência de Seguros Privados (Susep).

O aumento das duas taxas constam de portarias publicadas no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, 1.

A Taxa de Saúde Suplementar, da ANS, terá cinco valores, diferenciados por tipo de ato. Por plano de assistência à saúde, por exemplo, será de R$ 5,39; por registro de produto, R$ 2.696,73; e por registro de operadora, R$ 5.393,47.

A Taxa de Fiscalização dos Mercados de Seguro e Resseguro, de Capitalização e de Previdência Complementar Aberta, da Susep, que é cobrada conforme o ramo de seguro da empresa (pessoas, resseguro, previdência privada aberta etc.), vem com atualização de mais de 30 valores, tanto para a empresa matriz quanto para filiais.

A cobrança também leva em conta as faixas de margem de solvência das companhias. Para empresas que atuam com seguro de pessoas e margem de solvência abaixo de R$ 5,741 milhões, por exemplo, a taxa será de R$ 14.628,67 para a matriz e de R$ 731,44, para a filial.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.