Energia solar emprega duas vezes mais que carvão nos EUA

Trump prometeu ressuscitar a indústria carvoeira americana, mas são as renováveis que estão florescendo por lá

São Paulo – Donald Trump tem uma queda assumida pelos combustíveis fósseis, tanto que seu plano para tornar a “América grande de novo” passa por ressuscitar a decadente indústria do carvão . Independentemente dos desejos do presidente americano, uma coisa é inegável  é  a indústria da energia renovável que está florescendo por lá, e isso se reflete na criação de empregos.

Atualmente, o setor de energia solar emprega duas vezes mais pessoas que a indústria carvoeira e já se equipara em número ao setor de gás natural. De acordo com o National Solar Jobs Census 2016, produzido pela ONG The Solar Foundation, a indústria solar já totaliza 260.077 empregos nos EUA, o que representa um em cada 50 postos de trabalho no país.

Em 2016, a força de trabalho solar cresceu 25% em relação ao ano anterior, o maior crescimento desde que o primeiro censo de empregos em energia solar nos Estados Unidos foi lançado, em 2010.

O relatório destaca que o crescimento dos empregos em energia solar ocorreu em todos os sub-setores dessa indústria: nas empresas de manufatura, a alta foi de 26%; os trabalhos de instalação aumentaram 14% e os postos de desenvolvimento de projetos aumentaram em 53%, já os empregos em vendas e distribuição aumentaram em 32%.

De acordo com o estudo, o aumento dos empregos no setor ocorreu graças a uma rápida diminuição no custos dos painéis solares associado à grande demanda do mercado consumidor por instalações solares.

“Mais do que nunca, é claro que a energia solar é uma fonte de energia de baixo custo, confiável e superabundante que está impulsionando o crescimento econômico, fortalecendo as empresas e tornando nossas cidades mais inteligentes e resistentes”, declarou em nota Andrea Luecke, presidente da The Solar Foundation.

O número de empregos solares aumentou em 44 dos 50 estados norte-americanos no ano passado, mostrando que o crescimento da indústria solar não é um fenômeno regional. Os cinco estados com o maior número de empregos no setor em 2016 foram a Califórnia, Massachusetts, Texas, Nevada e Flórida.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.