Acompanhe:

Dívida Pública Federal cresce 2,1% e atinge R$4,2 tri em maio, diz Tesouro

Segundo dados divulgados nesta quarta-feira pelo Ministério da Economia, em abril, o estoque estava em R$ 4,160 trilhões

Modo escuro

Continua após a publicidade
Dinheiro: a Dívida Pública Federal externa ficou 0,41% maior, somando R$ 218 bilhões no mês passado (Priscila Zambotto/Getty Images)

Dinheiro: a Dívida Pública Federal externa ficou 0,41% maior, somando R$ 218 bilhões no mês passado (Priscila Zambotto/Getty Images)

E
Estadão Conteúdo

Publicado em 24 de junho de 2020 às, 17h20.

Última atualização em 24 de junho de 2020 às, 17h42.

O estoque da Dívida Pública Federal (DPF) subiu 2,17% em maio, quando atingiu 4,250 trilhões de reais. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira, 24, pelo Tesouro Nacional. Em abril, o estoque estava em 4,160 trilhões de reais.

A correção de juros no estoque da DPF foi de 16,53 bilhões de reais no mês passado, quando houve emissão líquida de 73,58 bilhões de reais.

A DPF inclui a dívida interna e externa. A Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi) subiu 2,26% e fechou o mês em 4,032 trilhões de reais.

Já a Dívida Pública Federal externa (DPFe) ficou 0,41% maior, somando 218 bilhões de reais no mês passado.

Estrangeiros

A fatia dos investidores estrangeiros na dívida pública voltou a cair em maio em relação a abril. De acordo com dados divulgados pelo Tesouro Nacional, a participação dos investidores no Brasil no estoque da DPMFi passou de 9,36% para 9,11% em maio, somando 367,29 bilhões. Em abril, o estoque estava em 369,26 bilhões de reais.

As instituições de previdência reduziram a participação no estoque da dívida de 25,65% para 24,88%. A categoria das instituições financeiras, por outro lado, teve alta na participação do estoque da DPMFi de 25,72% em abril para 26,77% em maio.

Os fundos de investimento aumentaram levemente a fatia de 5,76% para 25,85%. Já a participação das seguradoras passou de 3,96 % para 3,91%.

Últimas Notícias

Ver mais
Aumenta a confiança da indústria, diz pesquisa da FGV
Economia

Aumenta a confiança da indústria, diz pesquisa da FGV

Há 14 horas

IFI reduz estimativa para dívida bruta em 2024, de 78,8% para 77 7% do PIB
Economia

IFI reduz estimativa para dívida bruta em 2024, de 78,8% para 77 7% do PIB

Há um dia

Blinken diz que Argentina 'pode contar' com EUA para estabilizar sua economia
Economia

Blinken diz que Argentina 'pode contar' com EUA para estabilizar sua economia

Há um dia

Governo prorroga inscrições de programa para participação de mulheres no comércio exterior
Economia

Governo prorroga inscrições de programa para participação de mulheres no comércio exterior

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais