Economia

Corte de compulsório bancário na China entrará em vigor dia 25

BC chinês decidiu reduzir o montante de reservas que determinados bancos locais precisam manter na autoridade monetária entre 0,5 e 1 ponto porcentual

China: nesta semana, o PBoC tem injetado recursos no mercado financeiro diante do recente aperto nas condições de liquidez (Tomohiro Ohsumi/Bloomberg)

China: nesta semana, o PBoC tem injetado recursos no mercado financeiro diante do recente aperto nas condições de liquidez (Tomohiro Ohsumi/Bloomberg)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 17 de janeiro de 2018 às 06h42.

Pequim - O Banco do Povo da China (PboC, o BC chinês) anunciou hoje que o corte de compulsório bancário anunciado em setembro do ano passado deverá entrar em vigor no próximo dia 25.

Em setembro, o BC chinês decidiu reduzir o montante de reservas que determinados bancos locais precisam manter na autoridade monetária entre 0,5 e 1 ponto porcentual, de forma a impulsionar a liberação de empréstimos para pequenas empresas e sustentar o crescimento.

Na ocasião, o PBoC não havia fornecido uma data específica para a medida entrar em vigor.

Nesta semana, o PBoC tem injetado recursos no mercado financeiro diante do recente aperto nas condições de liquidez.

Acompanhe tudo sobre:BancosChinaIuane

Mais de Economia

Os bastidores do evento que reuniu lideranças em NY para debater os caminhos do Brasil

China promete manter fortalecimento da cooperação bilateral com o Irã, em reunião de ministros

Ativos do Sicoob crescem 25% e encerram 2023 em R$ 298,4 bilhões

BNDES anuncia crédito de R$ 500 mi a fornecedores de materiais e equipamentos para SUS

Mais na Exame