Economia

Comissão Europeia quer diálogo com Brasil sobre aviação

Bruxelas - A Comissão Europeia (CE) recomendou hoje o início "o mais rápido possível" das negociações para a liberalização do transporte aéreo com o Brasil, um dos principais parceiros latino-americanos da União Europeia (UE) neste âmbito. Pelas estimativas do Executivo comunitário, um acordo com o Brasil poderia gerar até 460 milhões de euros de lucro […]

EXAME.com (EXAME.com)

EXAME.com (EXAME.com)

DR

Da Redação

Publicado em 6 de maio de 2010 às 10h05.

Bruxelas - A Comissão Europeia (CE) recomendou hoje o início "o mais rápido possível" das negociações para a liberalização do transporte aéreo com o Brasil, um dos principais parceiros latino-americanos da União Europeia (UE) neste âmbito.

Pelas estimativas do Executivo comunitário, um acordo com o Brasil poderia gerar até 460 milhões de euros de lucro para as companhias europeias e aumentaria o tráfego aéreo em 335 mil passageiros só no primeiro ano.

O vice-presidente da Comissão e responsável de Transporte, Siim Kallas, afirmou que o Brasil é "um parceiro estratégico" para a UE, e por isso recomendará aos ministros europeus iniciar as negociações com o Brasil para a abertura do mercado e aumentar os standards de regulação.

Esta medida "criaria novas oportunidades para a indústria europeia", e iria oferecer aos passageiros "uma maior escolha e um maior nível de segurança", favorecendo o comércio em geral e o turismo entre o continente europeu e o Brasil, assinala Kallas em comunicado.

Por ano, 4 milhões de pessoas viajam de avião entre as duas regiões, conforme dados da CE.

O Governo brasileiro mostrou no início deste ano seu "forte interesse" pelas negociações para levantar as barreiras ao tráfego aéreo, lembra a Comissão.

Para Bruxelas, a rapidez nas negociações é de "particular relevância", já que abrir o mercado aéreo facilitaria a recuperação da indústria européia, após a crise e permitiria aproveitar os próximos eventos previstos para o país, como o Mundial de Futebol de 2014 e os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro em 2016.

A UE já conta com acordos similares com os Estados Unidos, Canadá, Marrocos e os países dos Bálcãs Ocidentais.

Além disso, nas últimas semanas terminaram com sucesso as negociações para liberalizar o transporte aéreo com a Jordânia e a Geórgia, assim como a segunda fase do acordo com os Estados Unidos.

Acompanhe tudo sobre:América LatinaAviaçãoDados de BrasilEuropaSetor de transporteUnião Europeia

Mais de Economia

Inflação ao consumidor na China continua em alta

Petrobras prevê perfurar novos poços do pré-sal em 2025 para garantir futuro da bacia de Campos

Senado estuda usar atualização do IR e repatriação para compensar desoneração

‘Temos absoluta confiança que o dólar vai cair’, diz Geraldo Alckmin

Mais na Exame