Economia

CAE do Senado aprova suspensão de cobrança de empréstimos consignados

Votação ocorreu de forma simbólica na sessão desta terça-feira 4

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 4 de junho de 2024 às 14h47.

Tudo sobreAposentadoria
Saiba mais

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou o relatório do senador Otto Alencar (PSD-BA) favorável a um projeto que suspende a cobrança de empréstimos consignados.

A votação ocorreu de forma simbólica na sessão desta terça-feira 4. A matéria segue para a análise da Comissão de Assuntos Sociais (CAS). O prazo da suspensão é de 180 dias.

O texto trata do pagamento das obrigações de operações de créditos consignados em benefícios previdenciários de aposentados e pensionistas abrangidos pelo reconhecimento de estado de calamidade pública do decreto legislativo de 7 de maio.

Na prática, a medida beneficia idosos e aposentados afetados pela recente catástrofe ambiental no Rio Grande do Sul.

"É um Estado importante da federação e precisa realmente da recuperação de sua estrutura e que ele volte a oferecer ao seu povo os bens civis que eles precisam tanto", disse Alencar, ao apresentar o seu voto favorável.

Acompanhe tudo sobre:AposentadoriaEmpréstimosSenado FederalGoverno Lula

Mais de Economia

Análise: dependência do agro diminui, mas alta do PIB é impulsionada por gastos do governo

Brasil deve subir uma posição e fechar 2024 como a 8ª maior economia do mundo, estima FMI

Fazenda lança medidas para mitigar impactos da manutenção da desoneração da folha

Planos de saúde individuais terão reajuste de até 6,91%, bem acima da inflação

Mais na Exame