Economia

BNDES autoriza suspensão das parcelas de crédito rural para produtores do RS até outubro

A regulamentação vem após a autorização da prorrogação pelo Conselho Monetário Nacional (CNM) na última sexta-feira, 10

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 16 de maio de 2024 às 12h00.

Última atualização em 16 de maio de 2024 às 12h03.

O Banco Nacional de Desenvolvimento, Econômico e Social (BNDES) autorizou as instituições financeiras credenciadas a não cobrarem de produtores do Rio Grande do Sul parcelas de crédito rural com vencimento entre 1º de maio e 14 de agosto deste ano. A regulamentação vem após a autorização da prorrogação pelo Conselho Monetário Nacional (CNM) na última sexta-feira, 10.

A prorrogação é válida para 15 de agosto para operações de crédito rural contratadas com recursos controlados do BNDES no âmbito do Programa Agropecuário do Governo Federal (PAGF) e do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

A renegociação é válida para propriedades localizadas em municípios com reconhecimento de situação de emergência ou estado de calamidade pública entre 30 de abril a 20 de maio, afetadas pelas fortes enchentes que atingiram o Estado.

As operações serão corrigidas pelos encargos contratuais e mantidas as fontes de recursos. Somente podem ser prorrogadas as operações em situação de adimplência em 30 de abril.

Acompanhe tudo sobre:BNDESEnchentes no RSCrédito

Mais de Economia

IGP-10 de maio sobe 1,08% ante queda de 0,33% em abril, afirma FGV

Exclusivo: Márcio França, ministro do Empreendedorismo, é entrevistado da Exame desta quinta-feira

Tem base o “argumento do excesso de capacidade produtiva de veículos de nova energia da China”?

China ironiza tarifas anunciadas pelos EUA: 'O que não me mata, me fortalece'

Mais na Exame