Economia

Auxílio-desemprego na Grã-Bretanha tem maior queda desde 1997

Londres - O número de britânicos que pediram auxílio-desemprego caiu em fevereiro no maior ritmo desde 1997, mostraram dados oficiais nesta quarta-feira, surpreendendo os mercados e dando ao governo do partido Trabalhista um alento antes das eleições do meio do ano.   Segundo o Departamento Nacional de Estatísticas, o número de pedidos diminuiu em 32,3 […]

EXAME.com (EXAME.com)

EXAME.com (EXAME.com)

DR

Da Redação

Publicado em 17 de março de 2010 às 08h44.

Londres - O número de britânicos que pediram auxílio-desemprego caiu em fevereiro no maior ritmo desde 1997, mostraram dados oficiais nesta quarta-feira, surpreendendo os mercados e dando ao governo do partido Trabalhista um alento antes das eleições do meio do ano.

Segundo o Departamento Nacional de Estatísticas, o número de pedidos diminuiu em 32,3 mil em fevereiro, contrariando as previsões de analistas por uma alta de 8 mil. O aumento de janeiro, anteriormente calculado em 23,5 mil, foi revisado para apenas 5,3 mil.

A taxa de pedidos caiu a 4,9 por cento, menor nível desde agosto de 2009.

Acompanhe tudo sobre:Crises em empresasDesempregoEuropaPaíses ricosReino Unido

Mais de Economia

Boletim Focus: mercado eleva projeções do IPCA, Selic e Câmbio de 2024

PEC promove "privatização" do BC e pode ter custo fiscal ao país, dizem especialistas

Alckmin destaca compromisso do governo com o arcabouço fiscal

Haddad diz que Brasil é uma “encrenca”, mas que tem potencial de ser “grande”

Mais na Exame