Aneel autoriza operação da 16ª turbina da usina de Jirau

A aprovação para o início das atividades comerciais da turbina era esperada desde segunda-feira passada

São Paulo - A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou nesta quinta-feira, 30, o início da operação comercial da unidade de geração (UG) 8 da usina hidrelétrica de Jirau, em Rondônia.

A aprovação para o início das atividades comerciais da 16ª turbina de Jirau era esperada desde segunda-feira passada, quando a gerente de Relações com o Mercado da GDF Suez Energy Latin America, Anamelia Medeiros, revelou que outra usina receberia aval da Aneel entre os dias seguintes.

Com a incorporação da UG 8, válida a partir desta quinta, a capacidade instalada da usina sobe para 1.200 MW. A usina terá, ao final do projeto, 50 turbinas com 75 MW de potência cada e capacidade total de 3.750 MW. A energia assegurada de Jirau é de 2.185 MW médios.

O projeto localizado em Porto Velho é coordenado pela empresa Energia Sustentável do Brasil (ESBR), uma Sociedade de Propósito Específico (SPE) que tem em seu bloco de controle a GDF Suez, com 40% de participação, além de Chesf, Eletrosul e Mitsui, com 20% cada.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.