Economia

85 maiores bilionários tem mesma riqueza dos 50% mais pobres

Oxfam reúne dados impressionantes para chamar a atenção do Fórum Econômico Mundial sobre o problema da desigualdade

EXAME.com (EXAME.com)

EXAME.com (EXAME.com)

João Pedro Caleiro

João Pedro Caleiro

Publicado em 20 de janeiro de 2014 às 16h31.

São Paulo - A riqueza na mão dos 85 maiores bilionários é equivalente à das 3,5 bilhões de pessoas que compõe a metade mais pobre da população mundial.

Já o 1% mais rico do mundo tem um patrimônio 65 vezes maior do que a dos 50% mais pobres.

Os números são da lista de bilionários da Bloomberg e do Relatório Global de Riqueza 2013 do Credit Suisse.

O cruzamento de dados foi feito pela Oxfam, organização não-governamental que nasceu no Reino Unido em 1942 e hoje reúne 17 entidades que trabalham no combate à pobreza em 90 países.

Em nota publicada nesta segunda-feira, eles apontam que "alguma desigualdade econômica é essencial para impulsionar o crescimento e o progresso", mas que níveis extremos como os atuais são "moralmente questionáveis" e afetam negativamente o crescimento e a redução da pobreza.


A desigualdade econômica também "multiplica problemas sociais" e reproduz outros tipos de desigualdade, como a de gênero, além de permitir aos mais ricos capturar o processo político afetando o princípio da igualdade democrática.

Uma pesquisa em 6 países, incluindo o Brasil, mostrou que uma maioria acredita que as leis são distorcidas a favor dos ricos.

Davos

O timing do documento não é acidental: a partir de quarta-feira, a elite do poder e da economia globais se reúne em Davos, na Suiça, para os quatro dias de reunião do Fórum Econômico Mundial.

A desigualdade econômica foi indicada recentemente pelo Fórum como uma das tendências que vão marcar 2014.

A Oxfam pede que os participantes se comprometam a não desviar patrimônio sujeito a impostos para paraísos fiscais e a não usar seu poder econômico para influenciar o processo político, entre outras recomendações.

Acompanhe tudo sobre:BilionáriosFórum Econômico MundialPobrezaRiqueza

Mais de Economia

Alckmin pede que deputados retirem taxação de importados do Mover

Como funciona o voo de 25 horas que liga São Paulo a Pequim

BNDES está discutindo com a Fazenda linha especial para reconstrução do RS, diz Barbosa

Boletim Focus: mercado consolida desancoragem de expectativas de inflação e espera juros mais altos

Mais na Exame