25 milhões de pessoas vivem em escravidão no mundo

Pela primeira vez, desde que a pesquisa é realizada, os próprios escravizados participaram da produção do relatório
Escravidão: Maior parte das pessoas escravizadas no mundo são mulheres (foto/Reprodução)
Escravidão: Maior parte das pessoas escravizadas no mundo são mulheres (foto/Reprodução)
E
EXAME HojePublicado em 25/09/2017 às 14:06.

Um novo relatório mostra que 24,9 milhões de pessoas vivem sob o regime de escravidão moderna no mundo todo, realizando trabalhos forçados, sem liberdade para optar por outra atividade.

O levantamento foi realizado pela Organização Internacional do Trabalho, em parceria com a Walk Free Foundation, que atua no combate à escravidão, e com a Organização Internacional para as Migrações.

Pela primeira vez, desde que a pesquisa é realizada, os próprios escravizados participaram da produção do relatório.

Com isso, os trabalhadores puderam contribuir para a proposição de direitos trabalhistas, de melhor governança dos imigrantes e de ações para lidar com as causas centrais da escravidão por dívidas e para uma identificação melhor das vítimas.