A reviravolta da Iguá

Antiga CAB Ambiental volta ao lucro, com novo nome, novos acionistas e nova diretoria
P
Primeiro LugarPublicado em 24/11/2017 às 10:05.

A chacoalhada da nova gestão na Iguá Saneamento -- a antiga CAB Ambiental, que mudou não só de nome mas de acionistas e diretores -- colocou a empresa de volta ao lucro em 90 dias. Comprada pela gestora de private equity IG4 Capital em julho, a concessionária fechou o terceiro trimestre com lucro líquido de 31,3 milhões de reais, ante um prejuízo de 5,3 milhões de reais no mesmo período do ano passado. Em 2016, o ´prejuízo total foi de 82 milhões de reais.

A Iguá é a quarta maior operadora privada de serviços de água e esgoto do país, atendendo 6,6 milhões de pessoas. A companhia foi vendida à IG4 Capital pela Galvão Participações, envolvida na operação Lava-Jato, e é o primeiro investimento da gestora.