Brasil

FHC concorre à Academia Brasileira de Letras nesta quinta

Para ser eleito, o ex-presidente precisa de 20 votos (metade do número de imortais mais um)


	FHC: o ex-presidente concorre à cadeira 36 da Academia Brasileira de Letras, vaga desde a morte de João de Scantimburgo, aos 97 anos, no dia 22 de março
 (Germano Luders/EXAME)

FHC: o ex-presidente concorre à cadeira 36 da Academia Brasileira de Letras, vaga desde a morte de João de Scantimburgo, aos 97 anos, no dia 22 de março (Germano Luders/EXAME)

DR

Da Redação

Publicado em 27 de junho de 2013 às 11h23.

São Paulo - O ex-presidente e sociólogo Fernando Henrique Cardoso concorre nesta quinta-feira, 27, à cadeira 36 da Academia Brasileira de Letras, vaga desde a morte de João de Scantimburgo, aos 97 anos, no dia 22 de março.

A eleição será no Petit Trianon, no Rio de Janeiro. Ele foi o primeiro a se candidatar e é favorito entre 11 concorrentes.

Para ser eleito, o candidato precisa de 20 votos (metade do número de imortais mais um). Se ninguém atingir a meta, é realizado um segundo escrutínio no mesmo dia. Depois, uma terceira e quarta votação, ali mesmo. Caso não haja consenso, uma nova eleição é aberta.

Disputam a cadeira com Fernando Henrique Cardoso, Felisbelo da Silva, J.R. Guedes de Oliveira, Gildasio Santos Bezerra, Jeff Thomas, Carlos Magno de Melo, Eloi Ghio, Diego Mendes Souza, Alvaro Corrêa de Oliveira, José William Vavruk e Arlindo Vicentine. A última imortal eleita foi Rosiska Darcy de Oliveira.

Acompanhe tudo sobre:Fernando Henrique CardosoPersonalidadesPolítica no BrasilPolíticosPolíticos brasileirosSociologia

Mais de Brasil

Congresso analisa vetos de Lula sobre saidinha, bets e emendas de comissões

Invasão a sistema do governo tem desvio de pelo menos R$ 3,5 milhões

Nunes consolida frente ampla em jantar com caciques e vai adiar decisão sobre vice

Lira diz que chamar Padilha de "desafeto pessoal" foi erro, mas mantém críticas ao governo

Mais na Exame