A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Brasileiro está em grupo da OMS que estudará origem do novo coronavírus

Diretor da Fiocruz está entre 26 especialistas que vão investigar a origem de agentes patogênicos com potencial epidêmico ou pandêmico

A Organização Mundial da Saúde (OMS) selecionou o diretor do Centro De Desenvolvimento Tecnológico em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Dr. Carlos Medicis Morel, entre os 26 especialistas para integrar o grupo que irá investigar a origem de agentes patogênicos com potencial epidêmico ou pandêmico, incluindo o novo coronavírus.

  • Quer saber tudo sobre o desenvolvimento e eficácia de vacinas contra a covid-19? Assine a EXAME e fique por dentro.

De acordo com comunicado divulgado nesta quarta-feira pela OMS, o Grupo de Aconselhamento Científico para as Origens de Novos Patógenos (Sago), para o qual Morel foi indicado, deverá auxiliar a entidade multilateral no desenvolvimento de um protocolo global "para definir e guiar os estudos sobre as origens" de organismos patogênicos.

Antes de finalizar a formação do Sago, os 26 selecionados para o grupo passarão por um período de duas semanas de consultas públicas, ressaltou a OMS. "Práticas e procedimentos relevantes" da entidade também serão levadas em conta.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também