Não sabe a diferença entre present perfect e o simple past? O U2 pode te ajudar

Bruno Braga, da Companhia de Idiomas, explica como a letra da música I still haven't found what I'm looking for é perfeita para explicar uma das regras gramaticais mais confusas para o aluno brasileiro que estuda inglês
 (Prodip Guha/Getty Images)
(Prodip Guha/Getty Images)
B
Bruno Braga, professor de inglês e Coordenador Pedagógico na Companhia de IdiomasPublicado em 16/09/2022 às 17:33.

Nos últimos artigos falei bastante sobre música e como ela pode nos ajudar a aprender um novo idioma. E uma das maneiras de estudarmos que eu sugeri foi conhecer as letras das músicas que gostamos.

Entender a história que ela conta, aprender novas palavras, procurar alguma mensagem escondida... tudo isso faz parte de um exercício riquíssimo de compreensão escrita.

VEJA TAMBÉM:

Neste artigo, porém, vou propor uma abordagem diferente. Desta vez nós vamos fazer uma análise gramatical de uma música bastante conhecida, focando em uma das regras gramaticais mais confusas para o aluno brasileiro que estuda inglês: a diferença entre o Present Perfect e o Simple Past. E, para isso, estudaremos a letra da música I still haven't found what I'm looking for, da banda irlandesa U2. Vamos nessa!

PRESENT PERFECT x SIMPLE PAST

Antes de irmos para a letra, vamos a uma rápida revisão destes 2 tempos verbais?

PRESENT PERFECT

De forma bastante resumida, o present perfect é utilizado quando vamos nos referir a um acontecimento passado onde o quando não é importante, mas sim o se. Ou seja, não me importa quando a ação aconteceu, mas se ela aconteceu. Exemplo:

I have already tried Thai food. (Eu já experimentei comida tailandesa.)
I have been to Europe on vacation. (Eu já estive na Europa de férias.)

Veja nos 2 exemplos acima que o momento em que as ações aconteceram não foi mencionado, pois não eram importantes no contexto. O que realmente importa nas frases acima é que a pessoa já teve as 2 experiências (comer comida tailandesa e viajar para a Europa), e não quando isso aconteceu.

SIMPLE PAST

Já o simple past é utilizado quando queremos dar uma ênfase a quando a ação ocorreu. E, para isso, usamos uma expressão de tempo para marcar o momento.

I tried Thai food for the first time last weekend. (Eu experimentei comida tailandesa pela primeira vez no último fim de semana.)
I was in Europe for the last time in 2019. (Eu estive na Europa pela última vez em 2019.)

Observe que com as expressões de tempo last weekend e in 2019 marcando o momento em que as ações aconteceram, o simple past foi utilizado.

Revisão feita, agora vamos à análise gramatical da letra da música.

U2 - I STILL HAVEN'T FOUND WHAT I'M LOOKING FOR (1987)

A letra desta música é muito utilizada para estudar o present perfect pois está cheia de exemplos dele, com muitos verbos diferentes.

O que muita gente não percebe é que também temos alguns exemplos do simple past que ilustram bem o contraste entre os dois tempos verbais. Mas, aqui, vamos iniciar com o present perfect. Para isso, destacarei apenas alguns trechos da letra.

I have climbed the highest mountains (Eu escalei as montanhas mais altas)
I have run through the fields (Eu corri através dos campos)
Only to be with you (Só para estar com você)
Only to be with you (Só para estar com você)
I have run, I have crawled (Eu corri, eu rastejei)
I have scaled (Eu escalei)
These city walls (Estes muros da cidade)
These city walls (Estes muros da cidade)
Only to be with you (Só para estar com você)

No trecho acima, temos 5 exemplos de uso do present perfect. Em todos os eles, o compositor está enfatizando o que ele fez para estar com a pessoa com quem ele queria estar: ele escalou montanhas, correu por campos, rastejou... mas em nenhum momento ele diz quando ele fez isso.

E por que não? Simplesmente porque essa não é uma informação importante para a história. Aqui, não é relevante para nós quando ele fez, mas sim o fato de que ele fez, independente do momento.

Percebeu a jogada? E isso vai acontecer no decorrer da letra, onde o autor vai sempre dizer o que fez para estar com a pessoa. Porém, ele nunca diz quando. Logo, o present perfect predomina.

Agora, vamos analisar um outro uso do present perfect, no refrão da música:

But I still haven't found (Mas eu ainda não encontrei)
What I'm looking for (O que estou procurando)

Aqui, vemos um outro uso do present perfect, que é quando o falante quer estabelecer uma relação entre o passado e o presente. Neste caso, o autor diz, implicitamente, que desde o momento em que começou a procurar (passado) até agora (presente), ele ainda não encontrou o que está procurando. Por isso, também, é muito comum utilizarmos o present perfect com a palavra never (nunca) pois, geralmente, estamos estabelecendo uma relação entre o momento em que nascemos (passado) e o momento da fala (presente). Exemplo:

I have never been to Japan. (Eu nunca estive no Japão.)

Ou seja, desde o dia em que nasci até o presente, eu nunca estive no Japão.

Agora, lembra-se de quando falei que também temos exemplos de simple past na letra? Vamos dar uma olhada neles:

I have kissed honey lips (Eu beijei lábios de mel)
Felt the healing in her fingertips (Senti a cura na ponta dos dedos dela)
It burned like fire (Queimou como fogo)
This burning desire (Esse desejo ardente)

I have spoken with the tongue of angels (Eu falei com a língua dos anjos)
I have held the hand of the devil (Eu segurei a mão do demônio)
It was warm in the night (Estava quente à noite)
I was cold as a stone (Eu estava frio como uma pedra)

Nos 3 exemplos acima temos o uso do simple past, só que sem uma expressão de tempo. Apesar de normalmente usarmos uma expressão de tempo em uma frase com o simple past, também é possível utilizá-lo quando o falante quer dar a ideia de uma situação terminada, que aconteceu em um dado momento bem específico, mesmo que esse momento não esteja explícito na frase.

Sendo assim, no primeiro exemplo acima podemos entender, por exemplo, que algo queimou como fogo no exato momento em que o autor beijou a pessoa na história, por isso a opção pelo simple past. E o mesmo se aplica aos outros dois exemplos, onde temos uma noite já terminada onde estava quente, mas naquela mesma noite o autor se sentia com frio.

E aí? Gostou da análise? Você já tentou procurar em letras de música algum ponto gramatical que esteja estudando? E que outras músicas podemos usar para estudar o present perfect X simple past? Compartilha comigo no bruno@companhiadeidiomas.com.br

Até a próxima!

Inscreva-se e receba por e-mail dicas e conteúdos gratuitos sobre carreira, vagas, cursos, bolsas de estudos e mercado de trabalho.