Hospital Albert Einstein, Boticário, Cielo, Gerdau e outras recebem prêmio de inovação em RH

Evento de premiação do Think Work Flash Innovations aconteceu durante a primeira edição do Flash Humanidades, que contou com a participação de nomes como Miguel Nicolelis e Raj Sisodia
Primeira edição do prêmio Think Work Flash Innovations reconheceu 10 empresas em 12 categorias (Think Work/Divulgação)
Primeira edição do prêmio Think Work Flash Innovations reconheceu 10 empresas em 12 categorias (Think Work/Divulgação)
D
Da Redação

Publicado em 11/08/2022 às 15:14.

Última atualização em 11/08/2022 às 15:27.

Na noite de ontem, 10 de agosto, em São Paulo, ocorreu a primeira edição do Flash Humanidades. O encontro reuniu mais de 350 líderes de empresas e especialistas do mercado para debater o futuro das relações de trabalho e da sociedade em meio ao avanço da tecnologia. O evento também contou com uma transmissão online, na qual mais de 1 mil acompanharam papo exclusivos e a apresentação da jornalista Adriana Araújo.

Miguel Nicolelis, neurocientista e professor emérito da Universidade Duke, abriu a noite com uma apresentação sobre a disputa entre humanos e máquinas, salientando que a atuação das equipes de gestão será ainda mais essencial.

“Os líderes que colocarem suas equipes em uma posição de realizar inúmeras tarefas simultaneamente estão fadadas a um cenário pouco profundo e por mais que isso possa parecer maior produtividade, na verdade, coloca as pessoas em uma posição de pouca qualidade de atuação, o que potencializa os erros estratégicos”, reforça.

O neurocientista Miguel Nicolelis abriu a noite com um debate sobre a disputa entre homem e tecnologia (Flash/Divulgação)

Na sequência, os participantes tiveram a oportunidade de presenciar um debate sobre inclusão, diversidade e inovação, que contou com a participação de Ana Carolina Azevedo, diretora de RH do Google para América Latina; Ana Paula Franzoti, diretora de desenvolvimento organizacional e cultura da Unilever; e Flávia Porto, diretora de RH da Yara Brasil.

“O que aprendemos nos últimos anos, principalmente com a pandemia, é que não sabíamos nada e que necessitamos aliar empatia, conhecimento e agilidade para criar um cenário promissor, colocando as pessoas no centro dos debates e ações”, disse Flávia Porto.

Por fim, Raj Sisodia, co-fundador do Capitalismo Consciente, apresentou uma visão sobre os movimentos que são necessários na economia, na política, na tecnologia e nos negócios para que o humano esteja verdadeiramente no centro das inovações. Renomado internacionalmente, Raj é conhecido como guru de líderes e grandes empresas ao redor do mundo. Ph.D. em negócios pela Universidade Columbia, ele é autor de 15 livros.

Raj Sisodia, co-fundador do Capitalismo Consciente, trouxe uma visão sobre como colocar o humano no centro dos negócios (Flash/Divulgação)

“Os funcionários tomaram sua posição central nos debates e nas políticas das empresas, a pandemia potencializou esse caminho e a grande parte das companhias já incorporou isso em sua cultura. Nesse embate entre tecnologia e humanos, as máquinas irão seguir como um suporte aos movimentos das equipes e não o contrário”, detalha.

Para Ricardo Salem, CEO da Flash, esse grande encontro marca um debate primordial para o sucesso das empresas e que irá se acentuar nos próximos anos. “A disputa máquina versus humano acontece há décadas e com a inteligência artificial cada vez mais presente, esses diálogos serão intensificados, o ponto primordial é que as pessoas são a base das companhias, nenhuma empresa terá sucesso só com tecnologia, essa integração é necessária e reconhecer os diferentes perfis será o grande diferencial”, reforça.

Ricardo Salem, CEO da Flash, empresa patrocinou encontro para debater futuro do trabalho (flash/Divulgação)

Think Work Flash Innovations reconhece 12 projetos inovadores

Um dos momentos mais aguardados da noite foi a premiação do Think Work Flash Innovations. A primeira edição do prêmio reconheceu 10 empresas em 12 categorias, com o grande destaque para o Hospital Albert Einstein que venceu nas categorias Carreira, People Analytics e Transformação Digital do RH.

Além disso, a Conta Azul foi escolhida pelos participantes do evento, por meio de voto popular, como principal projeto da noite. “Agimos com foco nas pessoas, os dados e a tecnologia se tornaram grandes aliados, pois potencializaram decisões e possibilitaram que nossas atuações representassem os colaboradores de forma genuína”, detalha Luciana Pátria, consultora de Recursos Humanos do Hospital Albert Einstein.

“O nosso grande lema sempre foi ‘people first’, colocamos nossos colaboradores dentro das decisões e reforçamos como eles são primordiais para o sucesso da nossa empresa. Essa premiação é o reconhecimento sobre tudo que construimos”, detalha Wagner Rodrigues de Souza, Coordenador de Compensantion e People Analytics da Conta Azul da Conta Azul.

“O prêmio Think Work Flash Innovations nos mostra como a inovação está acontecendo no RH, não apenas em um número restrito de grandes corporações, mas também em pequenos negócios espalhados pelo Brasil. O RH deixou de ser um centro de custos e passou a ter papel fundamental no crescimento das empresas”, declarou Tatiana Sendin, CEO e fundadora da Think Work, criadora do prêmio.

Entre os demais vencedores estão:

  • YouX Group, na categoria Atração e Seleção;
  • Grupo Boticário, em Cultura Organizacional;
  • Cielo, em Desenvolvimento;
  • Yara Brasil, em Desenvolvimento de Jovens;
  • Accenture, em Diversidade;
  • Pipo Saúde, em Employee Experience;
  • Gerdau, em Liderança;
  • Conta Azul, em Remuneração e Benefícios;
  • Sabin Medicina, com Saúde e Qualidade de Vida.