Um conteúdo Bússola

Como esta papelaria que começou na varanda prevê faturar R$ 12 mi este ano

Lojinha da Lívia conta com mais de 150 mil clientes, mais de 10 canais de venda entre físicos e online, e 100 mil pedidos entregues somente em 2022
Negócio começou com paixão por material escolar (seb_ra/Thinkstock)
Negócio começou com paixão por material escolar (seb_ra/Thinkstock)
B
BússolaPublicado em 05/10/2022 às 14:00.

Uma paixão antiga de adolescente por canetas coloridas, cadernos com gramaturas especiais, estojos e bolsas de marcas renomadas, virou negócio de gente grande para a empreendedora Lívia Vasconcellos de Vila Velha, Espírito Santo. A história começa em 2017 quando, aos 18 anos, ela trazia alguns itens dos Estados Unidos para vender entre amigos e familiares. Nesse mesmo ano, o pai de Lívia ficou desempregado após uma longa trajetória em companhias tradicionais.

Enxergando ali uma oportunidade de ganhar uma renda para suportar o período de recolocação, ele então resolve investir na paixão da filha e com apenas R$ 5.000 começam juntos o site da Lojinha da Lívia. Na ocasião, ela já tinha ganhado certa notoriedade pela curadoria de itens que trazia dos Estados Unidos e criado um Instagram com apenas 4000 seguidores para promover os itens do site

A operação da loja online começa na varanda de casa, em que somente Lívia e o pai faziam toda a operação sem nenhum funcionário: exposição dos produtos, estoque, embalagens e recebimento de mercadorias. Foi nesse mesmo período que, ao encontrar dificuldade para importar itens dos Estados Unidos, a empreendedora começou a focar em fornecedores nacionais.

O aumento das vendas trouxe novos desafios de gestão e a necessidade de contratação de uma ferramenta de ERP que integrasse toda a operacionalização da venda online e facilitasse o dia a dia de pai e filha, que continuavam a exercer todas as atividades da Lojinha. Com a consultoria do time de atendimento do sistema de gestão do Tiny, a implementação do ERP de forma simples e ágil transformou a gestão e alavancou as vendas.

Passados dois anos de operação com o apoio das soluções de Tiny, a pandemia trouxe aumento exponencial de pedidos e com isso, a intuição para empreender de pai e filha teve que ser profissionalizada. Lívia então larga a faculdade de Direito para se dedicar exclusivamente ao negócio e contrata o primeiro funcionário: seu próprio irmão. Com uma visão mais analítica e suporte da solução de ERP, ele foi responsável por incluir a Lojinha da Lívia em diferentes marketplaces e tirar proveito dos relatórios de Tiny para aprimorar a tomada de decisão e assim melhorar os números de faturamento.

Preocupada em continuar atendendo de forma personalizada seus fiéis clientes da região, a empreendedora tem focado seus investimentos também nas experiências de loja física. Em 2020, inaugurou um espaço de mais de 1000 m2 – onde também funciona o backoffice da operação online – e deve abrir sua segunda loja ainda esse ano, no aeroporto de Vila Velha.

O sucesso de Lívia também é grande nas redes sociais. Seus perfis no Youtube, Tik tok e Instagram acumulam mais de 500 mil seguidores, que buscam conteúdos sobre os produtos e novidades da Lojinha.

O sucesso nas redes reflete diretamente no crescimento do negócio, principalmente nos marketplaces. Na Shopee, por exemplo, a Lojinha da Lívia é destaque como uma das principais papelarias em volume de vendas dentro do canal.

Hoje, a Lojinha da Lívia conta com mais de 150 mil clientes espalhados por todo o Brasil, mais de 10 canais de venda entre físicos e online, e 100 mil pedidos entregues somente em 2022 – um crescimento de 252% em relação ao mesmo período de 2021. Para este ano, a meta de faturamento é de R$ 12 milhões.

“Quando começamos eu e meu pai, o sonho e a vontade de fazer dar certo sempre foram grandes, mas não imaginávamos que conseguiríamos alcançá-lo tão rápido. A grande virada foi principalmente na decisão de incluir um sistema de gestão centralizado para todas as operações da loja virtual que vinham crescendo a cada dia. Foi também com a grande ajuda do meu irmão que de propôs a estudar e conhecer a fundo todos os recursos disponíveis no ERP de Tiny, que conseguimos potencializar ainda mais as vendas e a integração com os marketplaces como Shopee, que hoje é um dos nossos principais canais de venda”, afirma Lívia.

Leia também: