Brasil

'Vamos trabalhar juntos', diz Antony Blinken após reunião com Lula no Planalto

O encontro ocorre em meio a uma crise diplomática com Israel, aliado de Washington, após o presidente brasileiro comparar a guerra em Gaza ao Holocausto

Blinken: "É uma parceria importante e somos gratos pela amizade" (Ricardo Stuckert/Divulgação)

Blinken: "É uma parceria importante e somos gratos pela amizade" (Ricardo Stuckert/Divulgação)

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 21 de fevereiro de 2024 às 11h24.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reuniu nesta quarta-feira, no Palácio do Planalto, com o chefe da diplomacia dos Estados Unidos, Antony Blinken. O encontro durou 1h50min.

Na saída do encontro, Blinken afirmou que os dois países estão trabalhando juntos de forma bilateral e global e afirmou ser grato pela "amizade" com o Brasil.

"Foi uma ótima reunião, estou muito grato ao presidente pelo seu tempo. Foi uma ótima reunião e Estados Unidos e Brasil estão fazendo importantes coisas juntos. Estamos trabalhando juntos bilateralmente, regionalmente, globalmente. É uma parceria importante e somos gratos pela amizade".

Entenda o contexto

O encontro ocorre em meio a uma crise diplomática com Israel, aliado de Washington, após o presidente brasileiro comparar a guerra em Gaza ao Holocausto.

Acompanhe tudo sobre:Estados Unidos (EUA)Luiz Inácio Lula da Silva

Mais de Brasil

Rio registra queda de 25% das mortes violentas no primeiro trimestre

Governo quer que Zanin seja relator no STF de ação contra desoneração da folha

Boulos tem 35,6% e Nunes, 33,7%, aponta pesquisa Atlas Intel

Eduardo Paes tem 42,6% das intenções de voto e Ramagem, 31,2%, aponta Atlas Intel

Mais na Exame