Toffoli é eleito presidente do STF e assumirá em setembro

O mandato de Toffoli à frente do Supremo será de dois anos. Após este período, ele deverá ser substituído por Fux

Dias Toffoli: Cármen Lúcia assumirá a cadeira atualmente ocupada pelo ministro na 2ª Turma do Supremo (Adriano Machado/Reuters)

Dias Toffoli: Cármen Lúcia assumirá a cadeira atualmente ocupada pelo ministro na 2ª Turma do Supremo (Adriano Machado/Reuters)

R

Reuters

Publicado em 8 de agosto de 2018 às 15h44.

São Paulo - O ministro Dias Toffoli foi eleito nesta quarta-feira para presidir o Supremo Tribunal Federal (STF) a partir de setembro e terá como vice o ministro Luiz Fux, informou o tribunal.

A eleição é uma mera formalidade, já que os ministros se revezam no comando da corte e, com o fim do mandato de Cármen Lúcia no próximo mês, é a vez de Toffoli, que atualmente é vice-presidente da corte, assumir a cadeira.

Com a mudança, Cármen Lúcia assumirá a cadeira atualmente ocupada por Toffoli na 2ª Turma do Supremo, responsável por analisar casos da operação Lava Jato na corte.

O mandato de Toffoli à frente do Supremo será de dois anos. Após este período, ele deverá ser substituído por Fux.

 

Mais de Brasil

Conflitos por terra batem recorde no Brasil no primeiro ano do governo Lula

Cármen Lúcia mantém condenação de Deltan por Power Point contra Lula

Risco fiscal está 'drenando oportunidades' do Brasil, diz Tarcísio

Fluxo de passageiros para o exterior cresce pelo 24º mês seguido mostra Anac

Mais na Exame