Acompanhe:

Temer nomeia Moreira Franco como ministro de Minas e Energia

O ministro substituí Fernando Coelho Filho, que renunciou na última sexta-feira para tentar se reeleger como deputado federal pelo estado de Pernambuco

Modo escuro

Continua após a publicidade
Temer e Moreira: a nomeação do agora ministro faz parte da reforma ministerial que Temer teve que iniciar (Adriano Machado/Reuters)

Temer e Moreira: a nomeação do agora ministro faz parte da reforma ministerial que Temer teve que iniciar (Adriano Machado/Reuters)

E
EFE

Publicado em 9 de abril de 2018 às, 08h10.

Rio de Janeiro - O presidente Michel Temer nomeou como novo ministro de Minas e Energia Moreira Franco, um de seus principais colaboradores, que atualmente está à frente da Secretaria-Geral da Presidência.

A nomeação de Moreira Franco faz parte da reforma ministerial que Temer teve que iniciar para substituir os ministros que renunciaram aos seus cargos nas últimas semanas para concorrer nas eleições de outubro.

Franco, antigo aliado de Temer no partido Movimento Democrático Brasileiro (MDB), substituirá Fernando Coelho Filho, que renunciou na última sexta-feira para tentar se reeleger como deputado federal pelo estado de Pernambuco.

O novo titular da pasta de Minas e Energia, que foi ministro da Aviação Civil e ministro-chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência no governo de Dilma Rousseff, é um antigo líder político que já foi governador do Rio de Janeiro, prefeito de Niterói e deputado federal por vários mandatos.

Como novo ministro de Minas e Energia e coordenador dos programas de privatização e concessão do governo, Moreira Franco tem como prioridade nos próximos meses a privatização da Eletrobras, maior grupo energético da América Latina.

Só na sexta-feira, Temer perdeu oito ministros, que renunciaram para se candidatar a algum cargo nas eleições de outubro.

Os demissionários foram os titulares de Fazenda, Henrique Meirelles; Educação, José Mendonça Filho; Minas e Energia, Fernando Bezerra Coelho Filho; Desenvolvimento Social, Osmar Terra; Esportes, Leonardo Picciani; Meio Ambiente, José Sarney Filho; Planejamento, Dyogo Oliveira; e Turismo, Marx Beltrão.

Na semana passada, Temer já tinha nomeado os novos ministros de Saúde, Gilberto Occhi; e Transportes, Valter Casimiro Silveira, que substituíram os deputados Ricardo Barros e Mauricio Quintella, respectivamente.

Últimas Notícias

Ver mais
Lula reitera a chanceler russo disposição do Brasil de colaborar para um acordo de paz na Ucrânia
Brasil

Lula reitera a chanceler russo disposição do Brasil de colaborar para um acordo de paz na Ucrânia

Há 13 horas

Mortes de Ianomâmis em 2023 superam 2022 e governo anuncia hospital exclusivo para indígenas
Brasil

Mortes de Ianomâmis em 2023 superam 2022 e governo anuncia hospital exclusivo para indígenas

Há 13 horas

Após tomar posse no STF, Dino diz que vai atuar com isenção e defende harmonia entre os Poderes
Brasil

Após tomar posse no STF, Dino diz que vai atuar com isenção e defende harmonia entre os Poderes

Há 13 horas

PF prende três homens por suspeita de ajudar os dois fugitivos do presídio federal de Mossoró
Brasil

PF prende três homens por suspeita de ajudar os dois fugitivos do presídio federal de Mossoró

Há 15 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais