Acompanhe:

Presidente da Caixa é diagnosticado com covid-19

Pedro Guimarães é o quarto membro da comitiva que esteve em Nova York no ínício da semana passada para a participação do presidente Bolsonaro na Assembleia Geral da ONU

Modo escuro

Continua após a publicidade
O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, come pizza na rua em Nova York, antes da Assembleia Geral da ONU, ao lado do presidente da Caixa, Pedro Guimarães; Luiz Eduardo Ramos, ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência; Gilson Machado Neto, ministro do Turismo; e Marcelo Queiroga, ministro da Saúde; entre outros (Reprodução/Instagram)

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, come pizza na rua em Nova York, antes da Assembleia Geral da ONU, ao lado do presidente da Caixa, Pedro Guimarães; Luiz Eduardo Ramos, ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência; Gilson Machado Neto, ministro do Turismo; e Marcelo Queiroga, ministro da Saúde; entre outros (Reprodução/Instagram)

D
Da Redação, com agências

Publicado em 26 de setembro de 2021 às, 16h21.

Última atualização em 26 de setembro de 2021 às, 18h11.

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, foi diagnosticado com covid-19 neste domingo, 26, de acordo com o perfil oficial do presidente Jair Bolsonaro no Facebook. Guimarães é o quarto membro da comitiva que esteve em Nova York no início da semana passada para a participação de Bolsonaro na Assembleia Geral da ONU, onde discursou.

Segundo a postagem do presidente, Guimarães há havia tomado as duas doses da vacina da Pfizer. "Já medicado. Desejamos pronta recuperação", escreveu.

Na manhã deste domingo, Bolsonaro testou negativo para covid neste domingo, 26, e deve sair da quarentena. Bolsonaro estava em isolamento desde que voltou dos Estados Unidos.

Com o resultado do exame, o presidente poderá participar dos eventos programados para esta semana em celebração aos mil dias de governo. Bolsonaro preparou uma agenda intensa pelo país, na tentativa de recuperar a popularidade de olho nas eleições de 2022.

Na sexta-feira, o deputado federal Eduardo Bolsonaro confirmou que foi diagnosticado com Covid-19. O filho do presidente estava na missão oficial em Nova York. Ele foi o terceiro da comitiva diagnosticado com a doença.

O primeiro foi um diplomata lotado no Palácio do Planalto, que chegou antes do grupo a Nova York, e o segundo foi o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Cerca de 50 pessoas que participaram da viagem aos Estados Unidos também estão em isolamento por determinação da Anvisa.

Além de Eduardo, Queiroga e do diplomata, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, e o advogado-geral da União, Bruno Bianco Leal, também testaram positivo para o coronavírus. Eles não estiveram na comitiva em Nova York e estão em quarentena de 14 dias.

Assine a EXAME e acesse as notícias mais importantes em tempo real.

 

Últimas Notícias

Ver mais
Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 50 milhões nesta quinta-feira
seloMinhas Finanças

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 50 milhões nesta quinta-feira

Há 19 horas

Cid presta novo depoimento à PF sobre áudios com críticas a Moraes
Brasil

Cid presta novo depoimento à PF sobre áudios com críticas a Moraes

Há um dia

Mega-sena não tem ganhador e prêmio acumula em R$ 50 milhões
seloMinhas Finanças

Mega-sena não tem ganhador e prêmio acumula em R$ 50 milhões

Há um dia

Calendário abono salarial PIS/Pasep 2024; veja datas de pagamento
seloMinhas Finanças

Calendário abono salarial PIS/Pasep 2024; veja datas de pagamento

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais