Polícias de SP terão reunião diária contra o crime

Fernando Grella Vieira afirmou nesta segunda-feira que vai reunir diariamente os comandos das polícias e reforçar o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP)

São Paulo - O secretário da Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, afirmou na segunda-feira (26) que vai reunir diariamente os comandos das polícias e reforçar o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para combater a onda de homicídios na cidade.

Grella começou na segunda-feira (26) um périplo por programas de TV em uma estratégia traçada pela Assessoria de Imprensa do Palácio dos Bandeirantes para tentar vencer a batalha da comunicação - seu objetivo é mostrar que a situação está sob controle e o governo vai combater com firmeza a criminalidade.

Anunciado como novo secretário na quarta-feira passada (21), Grella tornou, na segunda-feira (26) públicas suas escolhas para as chefias da PM - o coronel Benedito Roberto Meira - e da Polícia Civil - o delegado Luiz Maurício Blazeck. São eles que terão de se sentar diariamente no gabinete de Grella em companhia de Celso Perioli, diretor da Superintendência de Polícia Científica - mantido no cargo. O secretário afirmou que pretende que todas as mortes nessa onda de crimes sejam esclarecidas pela polícia.


Delegados e coronéis ouvidos na segunda-feira (26) pelo jornal O Estado de S. Paulo esperam ainda a definição dos demais postos de comando para avaliar o perfil da gestão de Grella. Como subcomandante da PM, o escolhido deve ser o coronel Leônidas Pantaleão de Santana.

Casa Militar

Dois são os candidatos a ocupar a Casa Militar: os coronéis Rui Conegundes de Souza e Glauco Silva de Carvalho. O primeiro dirige a Corregedoria. O segundo trabalhou na Casa Militar com Geraldo Alckmin e Claudio Lembo. Carvalho é considerado pelos colegas um dos mais bem preparados oficiais da PM. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.