Brasil

PF cumpre mandados de prisão em aldeia indígena do MS

A Operação Silvo tem como objetivo restabelecer a ordem pública e permitir a prestação de serviços públicos essenciais nas aldeias Jaguaripé e Sassoró


	Polícia Federal: o comunicado da PF informou que problemas na região começaram no início de janeiro
 (Divulgação/Polícia Federal)

Polícia Federal: o comunicado da PF informou que problemas na região começaram no início de janeiro (Divulgação/Polícia Federal)

DR

Da Redação

Publicado em 19 de fevereiro de 2014 às 12h36.

Brasília - A Polícia Federal cumpre hoje (19) cinco mandados de prisão na aldeia indígena de Jaguapiré, localizada no município de Tacuru (MS).

De acordo com a corporação, a Operação Silvo também tem como objetivo restabelecer a ordem pública e permitir a prestação de serviços públicos essenciais nas aldeias Jaguaripé e Sassoró.

O comunicado da Polícia Federal informou que os problemas na região começaram no início de janeiro, quando um grupo de índios manteve em cárcere privado cinco agentes de saúde da Secretaria Especial de Saúde Indígena, além de ter subtraído uma viatura utilizada pelos servidores.

“A suspensão dos serviços vinha causando enormes prejuízos às comunidades indígenas, acarretando, por exemplo, a interrupção do tratamento médico de índios doentes”, destacou a corporação.

Acompanhe tudo sobre:IndígenasMato Grosso do SulPolícia Federal

Mais de Brasil

Lula cobra Anac e GOL por morte de cachorro em voo: 'Tem que prestar contas'

Após morte de cachorro, ministro vai convocar aéreas para endurecer regras no transporte de animais

CCJ do Senado aprova em primeiro turno projeto que reserva cotas para minorias em serviço público

Trem Intercidades Campinas: Justiça suspende assinatura de contrato do governo com consórcio

Mais na Exame