Brasil
Acompanhe:

Persio Arida me falou que não tem pretensão pessoal de ser ministro, diz Alckmin

A falta de entusiasmo de Arida com o post deve levar Lula a optar por outro quadro da equipe de transição para o Planejamento

Arida é um dos integrantes do grupo de transição na área da Economia (Foto/Exame)

Arida é um dos integrantes do grupo de transição na área da Economia (Foto/Exame)

E
Estadão Conteúdo

9 de dezembro de 2022, 07h41

O vice-presidente eleito Geraldo Alckmin (PSB) afirmou nesta quinta-feira, 8, que o economista Persio Arida confidenciou a ele não ter desejo de assumir ministério no governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT). "Persio (Arida) já me falou que não tem pretensão pessoal (de ser ministro)", disse Alckmin em entrevista à GloboNews.

Arida é um dos integrantes do grupo de transição na área da Economia e, como mostrou o Broadcast Político, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, chegou a ser cotado pelo presidente eleito para comandar a pasta do Planejamento. A ideia seria fazer uma dobradinha com o ex-prefeito Fernando Haddad (PT), considerado nome certo no Ministério da Fazenda, para diluir a resistência do mercado financeiro ao petista.

A falta de entusiasmo de Arida com o posto, no entanto, deve levar Lula a optar por outro quadro da equipe de transição para o Planejamento. Como também mostrou Broadcast Político, o nome do economista André Lara Resende despontou nos últimos dias como favorito para a vaga. Assim como Arida, Resende foi um dos integrantes do grupo responsável por elaborar o Plano Real.

LEIA TAMBÉM:

Lula antecipa ministros para desfazer impasses com a Câmara e na Defesa

Pagamentos de bolsistas da Capes serão feitos até o dia 13, diz MEC