Brasil

Paulo Maluf permanece internado em São Paulo

Deputado, diagnosticado com trombose e câncer, apresenta melhora, mas ainda não tem previsão de alta, segundo Hospital Sírio-Libanês

Maluf: deputado recebeu no fim de maço autorização para cumprir pena em prisão domiciliar (José Reynaldo da Fonseca/Wikimedia Commons)

Maluf: deputado recebeu no fim de maço autorização para cumprir pena em prisão domiciliar (José Reynaldo da Fonseca/Wikimedia Commons)

AB

Agência Brasil

Publicado em 11 de abril de 2018 às 21h36.

O ex-prefeito de São Paulo e deputado federal Paulo Maluf permanece internado no Hospital Sírio-Libanês, na capital paulista, com diagnóstico de trombose venosa profunda no membro inferior esquerdo, incontinência urinária, metástase óssea na região sacral decorrente do câncer de próstata, alterações da marcha com perda de força muscular e atrofia em ambas as pernas. As informações constam em boletim médico divulgado neste noite (11).

Segundo hospital, a situação confere ao paciente a condição de cadeirante. Maluf está recebendo tratamento e vem apresentando melhora, mas ainda sem previsão de alta para os próximos dias, diz o boletim.

O deputado estava cumprindo pena definitiva, no Presídio da Papuda, em Brasília, por ter sido condenado pelo crime de lavagem de dinheiro. No entanto, no fim de março, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli concedeu a ele o direito a prisão domiciliar, por entender que exames protocolados pelos advogados do deputado mostraram que Maluf passava por graves problemas de saúde e não poderia continuar na prisão.

Acompanhe tudo sobre:DoençasPaulo MalufPrisões

Mais de Brasil

Professores decidem manter greve nas universidades federais após nova oferta do governo Lula

Ao lado de Bolsonaro, Tarcísio e provável vice, Nunes diz que chapa será anunciada na semana que vem

FAB encerra neste sábado recebimento de doações ao Rio Grande do Sul

Censo 2022: Brasil tem 106,8 milhões de endereços, um aumento de 19,5% em relação ao Censo anterior

Mais na Exame