Brasil

Nomes e salários de servidores devem ser divulgados, diz STF

O Supremo confirmou legalidade da divulgação de salários de servidores nas páginas oficiais da internet de órgãos públicos


	O ministro do STF, Marco Aurélio Mello: "o servidor público não pode pretender ter a mesma privacidade que o cidadão comum"
 (José Cruz/ABr)

O ministro do STF, Marco Aurélio Mello: "o servidor público não pode pretender ter a mesma privacidade que o cidadão comum" (José Cruz/ABr)

DR

Da Redação

Publicado em 23 de abril de 2015 às 18h21.

Brasília - O Supremo Tribunal Federal (STF) confirmou a legalidade da divulgação de salários de servidores públicos nas páginas oficiais da internet de órgãos públicos.

O relator do caso no Supremo, ministro Teori Zavascki, votou no sentido de reconhecer que é legítima a publicação nos sites oficiais do nome dos servidores e dos vencimentos e vantagens pecuniárias e foi seguido pelos integrantes da Corte.

A ação tem repercussão geral e afeta, portanto, todos os processos que tramitam na Justiça sobre o tema.

"O servidor público não pode pretender ter a mesma privacidade que o cidadão comum. (...) Os agentes públicos, políticos, estão na vitrine. Desde o início são livro aberto. Entre o interesse individual e o coletivo, prevalece o coletivo", disse no julgamento o ministro Marco Aurélio Mello.

O caso chegou ao STF por um recurso apresentado pela cidade de São Paulo, após uma servidora ter alegado na Justiça que a publicação de seu nome com respectivo salário viola o direito à intimidade.

O município de São Paulo alegou que a divulgação segue os princípios "da publicidade e transparência" e que por isso todos os dados disponíveis foram reunidos no Portal da Cidade de São Paulo para que "cada um dos munícipes possa fiscalizar diretamente as contas públicas".

Acompanhe tudo sobre:InternetSaláriosServidores públicosSupremo Tribunal Federal (STF)

Mais de Brasil

Manifestantes contrários ao PL Antiaborto voltam a ocupar ruas

Nova bolsa de valores, 'epicentro' de data centers e inovação: as apostas do Rio para crescer

Em Porto Alegre, Defesa Civil alerta para risco de novos temporais com ‘ventos intensos’ e granizo

Ministério da Saúde amplia vacinação contra dengue; veja nova faixa etária

Mais na Exame