Brasil

Natal apela à 2ª Guerra para 'alistar' americanos na Copa

'Temos muitos Washington e William como herança da guerra', afirma organização local


	Na Copa de 2014, os Estados Unidos jogarão uma partida em Natal
 (Domínio Público)

Na Copa de 2014, os Estados Unidos jogarão uma partida em Natal (Domínio Público)

DR

Da Redação

Publicado em 8 de dezembro de 2013 às 15h22.

Natal (Brasil), 6 dez (EFE).- A cidade de Natal tentará atrair turistas dos Estados Unidos para a Copa do Mundo de 2014 apelando para seu papel na Segunda Guerra Mundial como base militar dos americanos, disse à Agência Efe neste domingo o secretário de turismo de Natal, Fernando Bezerril.

'Os americanos (americanos) são os que mais viajam. Apelaremos a seu histórico aqui. Na guerra, vieram 40 mil americanos, e alguns ficaram', contou Bezerril em uma visita ao estádio Arena das Dunas para jornalistas estrangeiros.

Os EUA estabeleceram uma base militar, construíram um aeroporto e atracaram navios de guerra no porto da capital potiguar, que por estar no extremo nordeste do Brasil, tinha uma posição estratégica na Guerra, servindo de escala para viagens à África.

Na Copa de 2014, os Estados Unidos jogarão uma partida em Natal, contra Gana, pelo grupo G, mas a Arena das Dunas receberá outros três confrontos: México-Camarões, Uruguai-Itália e Japão-Grécia.

O vice-presidente da Empresa de Promoção Turística do Rio Grande do Norte (Emprotur), Alexandre Mulatinho, afirmou que está sendo estudada a possibilidade de fretamento de voos do México e do Uruguai para facilitar a viagem de turistas desses países.

A Emprotur fará atos de promoção turística em México, Uruguai e Estados Unidos, país prioritário para os planos das autoridades locais.

'Em Natal, temos muitos Washington e William como herança da guerra. Temos muita expectativa com a vinda dos americanos', declarou Mulatinho.

O estádio de Natal está finalizando as obras e será inaugurado previsivelmente em 12 de janeiro, embora a data dependa da agenda da presidente Dilma Rousseff, segundo os responsáveis pelas obras.

A Arena dás Dunas já conta com seus cerca de 32.000 assentos instalados - aos quais se somarão 10.000 temporários para o Mundial - e tem o gramado preparado para a inauguração, com um jogo entre América e ABC.

As maiores obras pendentes são a conclusão do estacionamento, a urbanização do entorno e a instalação de parte das placas de alumínio da cobertura.

A cobertura é composta por 20 painéis de tamanhos diferentes e de forma ondulada, cujo design é inspirado nas dunas que cercam a cidade e que são um de seus maiores atrativos turísticos. EFE

Acompanhe tudo sobre:cidades-brasileirasEstados Unidos (EUA)Natal (RN)Países ricos

Mais de Brasil

PL do Aborto gera manifestações em ao menos oito cidades

Rio quer atrair investimentos da Arábia Saudita e criar hub para Data Centers - inclusive submarinos

Microexplosão atinge município gaúcho de São Luiz Gonzaga

Combate ao fogo no Parque de Itatiaia continua, sem previsão de fim

Mais na Exame