Acompanhe:

Hidrelétricas abrem comportas com alto armazenamento de reservatórios

O Ministério de Minas e Energia disse que algumas áreas do País registram chuvas acima da média ao longo do mês

Modo escuro

Continua após a publicidade
Usinas hidrelétricas do Sistema Interligado Nacional estão com suas comportas abertas em meio ao elevado nível dos reservatórios (Luciana Whitaker/Pulsar Imagens/Divulgação)

Usinas hidrelétricas do Sistema Interligado Nacional estão com suas comportas abertas em meio ao elevado nível dos reservatórios (Luciana Whitaker/Pulsar Imagens/Divulgação)

E
Estadão Conteúdo

Publicado em 14 de janeiro de 2023 às, 17h17.

O Ministério de Minas e Energia (MME) informou, em nota, que usinas hidrelétricas do Sistema Interligado Nacional estão com suas comportas abertas em meio ao elevado nível dos reservatórios. De acordo com o MME, o elevado abastecimento decorre da recuperação significativa dos níveis dos principais reservatórios, que superam 60% de armazenamento neste mês.

O Ministério disse que algumas áreas do País registram chuvas acima da média ao longo do mês. "Isso vem fazendo com que os níveis dos reservatórios se elevem rapidamente, sendo necessário acionar planos de controle de cheias e vertimento em muitas bacias", afirmou a pasta na nota. A medida é necessária para garantir a segurança das barragens e em virtude da menor demanda de energia em algumas regiões em meio a temperaturas mais amenas.

Conforme o Ministério, citando previsão do Operador Nacional do Sistema (ONS), até o fim de janeiro deverá haver "afluência alta" (acima de 80%) em todas as regiões do País.

Segundo a pasta, nos últimos dias, foi registrado início de vertimento nas usinas do rio Madeira, no complexo Belo Monte, e nas bacias do rio São Francisco e do Rio do Grande. "Para os próximos dias é esperado o início do vertimento na Hidrelétrica de Tucuruí. Na usina de Itaipu Binacional, as comportas da calha esquerda foram abertas neste sábado (14), com vazão de 1.400 (metros cúbicos/s). A previsão de vertimento é de dez dias, mas a programação pode ser alterada", informou o Ministério.

Últimas Notícias

Ver mais
Casa dos Ventos aposta no Brasil como protagonista da transição energética
seloApresentado por CASA DOS VENTOS

Casa dos Ventos aposta no Brasil como protagonista da transição energética

Há 4 horas

IA pode usar mais energia do que toda a Índia até 2030, afirma CEO da Arm
Inteligência Artificial

IA pode usar mais energia do que toda a Índia até 2030, afirma CEO da Arm

Há 5 horas

Mudanças climáticas vão cortar PIB global em cerca de R$ 200 trilhões até 2050
ESG

Mudanças climáticas vão cortar PIB global em cerca de R$ 200 trilhões até 2050

Há 22 horas

África do Sul: uso da água da chuva dribla mudanças climáticas em vinhedos
ESG

África do Sul: uso da água da chuva dribla mudanças climáticas em vinhedos

Há 23 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais