Brasil

Guitarrista da banda Afrocidade morre após ser espancado na Bahia

Flávio de Oliveira Silva, conhecido como 'Fal Silva', foi agredido por homens na noite de sexta-feira (25), no bairro Novo Horizonte, na cidade de Camaçari

Flávio de Oliveira da Silva, de 32 anos, conhecido como "Fal Silva" (Instagram/@afrocidade)

Flávio de Oliveira da Silva, de 32 anos, conhecido como "Fal Silva" (Instagram/@afrocidade)

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 25 de maio de 2024 às 15h05.

O guitarrista da banda Afrocidade, Flávio de Oliveira da Silva, de 32 anos, conhecido como "Fal Silva", morreu, após ser espancado na noite de sexta-feira (25), na cidade de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador.

Segundo informações da Polícia Civil, o artista foi agredido por um grupo de homens, no bairro Novo Horizonte. O crime será investigado pela 4ª Delegacia de Homicídios (DH/Camaçari).

O corpo de Fal Silva está no Departamento de Polícia Técnica (DPT) do município. A polícia informou que as guias para remoção e perícia foram expedidas e as circunstâncias, autoria e motivação do homicídio estão sendo apuradas.

Nas redes sociais, a banda Afrocidade lamentou a morte de Fal Silva. "Ainda difícil de acreditar, sentiremos muito sua falta. Descanse em paz, irmão", lamentou a banda.

Acompanhe tudo sobre:MúsicaSegurança públicaBahia

Mais de Brasil

Nova bolsa de valores, 'epicentro' de data centers e inovação: as apostas do Rio para crescer

Em Porto Alegre, Defesa Civil alerta para risco de novos temporais com ‘ventos intensos’ e granizo

Ministério da Saúde amplia vacinação contra dengue; veja nova faixa etária

Reviravolta em julgamento sobre 'sobras eleitorais' pode anular eleição de sete deputados; entenda

Mais na Exame