Acompanhe:

Em uma propaganda lançada pelo governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na última sexta-feira, 15, uma mulher esconde uma camisa que parece ser a da Seleção Brasileira ao saber que pode utilizar benefícios do programa Farmácia Popular.

Na cena, uma atriz diz que a "bombinha" para asma pode ser levada de graça para a criança que sofre da doença. Uma outra atriz, então, questiona: "Eu também posso? Eu achei que isso não era para mim". Nesse momento, ela ajeita o agasalho para esconder a camisa amarela que está vestindo por baixo e que nos últimos anos tem sido associada aos apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

"O tema do novo vídeo da campanha 'O Brasil é um só povo', do governo federal, é o programa Farmácia Popular, que garante gratuitamente ou com desconto uma série de medicamentos usados na atenção primária à saúde, por meio de parceria com farmácias e drogarias da rede privada", informou, por meio de nota, a Secretaria de Comunicação Social (Secom).

Segundo o órgão, "o filme busca informar a população sobre os benefícios do programa e apresenta mensagens de união. 'Querer o melhor para nossos filhos. Isso é o que nos une' e 'Farmácia Popular. Medicamentos gratuitos para quem mais precisa'". A nota reforça ainda que a campanha 'O Brasil é um só povo' busca destacar essa mensagem de união em propagandas que mostram reconciliação de famílias brigadas, por exemplo.

O uso da camisa que se tornou símbolo do bolsonarismo indica que a propaganda do Farmácia Popular segue a mesma linha, ao mostrar que qualquer pessoa - independente da visão política - pode se beneficiar do programa.

Tanto apoiadores de Lula quanto de Bolsonaro destacaram o detalhe em postagens nas redes. Governistas opinam que a propaganda foi inteligente ao apresentar o que seria uma eleitora bolsonarista e lembram que o ex-presidente cortou em 60% o programa durante seu governo. Do outro lado, apoiadores da oposição acusam "dissimulação cínica na propaganda do desgoverno federal".

De acordo com o governo federal, o programa Farmácia Popular foi criado em 2004 para oferecer medicamentos gratuitos para o tratamento de diabetes, asma, hipertensão e osteoporose, além de anticoncepcionais. Também oferece medicamentos de forma subsidiada para dislipidemia, rinite, doença de Parkinson e glaucoma, assim como fraldas geriátricas. Nesses casos, o Ministério da Saúde paga até 90% do valor de referência tabelado e o cidadão paga o restante, de acordo com o valor praticado pela farmácia.

Na última semana, a ministra da Saúde, Nísia Trindade, afirmou que o programa está em 180 cidades brasileiras, "principalmente nas regiões Norte e Nordeste (80%)", afirmou a titular da Saúde. "É um dos programas mais queridos da população, mais apreciado. E a nossa ideia é aperfeiçoar cada vez mais, mas os números deste ano são muito importantes porque havia muitas farmácias descredenciadas. Hoje, a gente pode dizer que são 22 milhões de brasileiros atendidos pelo Farmácia Popular."

Brasil é um só povo

A nova peça da campanha publicitária do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) destaca o crescimento do emprego formal no País. O vídeo publicitário também busca transmitir a mensagem de reunificação frente à polarização do ambiente político.

A peça traz um homem que bate à porta de uma senhora e pede para ver sua filha. O rapaz diz que conseguiu um emprego em uma obra do Novo PAC. No fim de novembro, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que a taxa de desemprego caiu para 7,6% no trimestre até outubro, a menor marca para o período desde 2014, quando foi de 6,7%.

Em seguida, é exibida a mensagem "Querer o melhor para os nossos filhos. Isso é o que nos une". A peça foi divulgada neste domingo, 17, pela Secretaria de Comunicação Social (Secom) e faz parte da campanha "O Brasil é um só povo", lançada na semana passada pelo governo.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Com destaque para Amazônia, Brasil reduz desmatamento de florestas
Um conteúdo Esfera Brasil

Com destaque para Amazônia, Brasil reduz desmatamento de florestas

Há 9 horas

Em encontro com Lula, Mercado Livre anuncia investimento de R$ 23 bilhões no Brasil
Economia

Em encontro com Lula, Mercado Livre anuncia investimento de R$ 23 bilhões no Brasil

Há 18 horas

Ceron: Estamos enfrentando revés com Congresso em relação à MP do Perse e desoneração
Economia

Ceron: Estamos enfrentando revés com Congresso em relação à MP do Perse e desoneração

Há 18 horas

Campos Neto: se as pessoas perderem confiança na âncora fiscal, a âncora monetária será afetada
Economia

Campos Neto: se as pessoas perderem confiança na âncora fiscal, a âncora monetária será afetada

Há 20 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais