Acompanhe:

Fiesp prevê alta de 11% na atividade da indústria

Nível de capacidade instalada continua em bom patamar, pouco acima dos 80%

Modo escuro

Continua após a publicidade
EXAME.com (EXAME.com)

EXAME.com (EXAME.com)

R
Ricardo Leopoldo

Publicado em 10 de outubro de 2010 às, 03h46.

São Paulo - O diretor do Departamento de Pesquisa e Estudos Econômicos da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Francine, afirmou hoje que o Indicador do Nível de Atividade (INA) da indústria paulista deve avançar perto de 11% neste ano.

A marca é menor que a da estimativa anterior, de avanço de 15%. De acordo com técnicos da entidade, a revisão foi feita devido à desaceleração da economia no segundo trimestre, que foi mais vigorosa que o esperado.

Em função do menor ritmo do Produto Interno Bruto (PIB) do trimestre passado, o INA de junho registrou queda de 0,6% ante maio, com ajuste sazonal, e retração de 0,3%, sem ajuste. Na avaliação de Francine, mesmo que a economia apresente um bom ritmo de expansão de agosto até dezembro será muito difícil que o INA supere a alta de 11% neste ano.

Embora avalie que o indicador deve apresentar avanços mensais entre 0,5% e 0,9% de agora até o fim do ano, ele ressaltou que, para atingir uma marca superior aos 11% em 2010, o índice precisaria subir pelo menos 1% ao mês até dezembro. "Isso será muito difícil de ocorrer", comentou o diretor.

Apesar do nível de atividade da economia apresentar um bom ritmo de alta, que leva o Ministério da Fazenda a prever que o PIB vai crescer 6,5% este ano, Francine observou que o Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) paulista apresenta patamares confortáveis. O Nuci caiu de 81,8% em junho para 81,5% em julho, com ajuste sazonal. Sem o ajuste, houve uma leve oscilação de 82,8% para 82,7%.

Francine apontou que há setores com produção em alta velocidade, como o que representa a fabricação de carvão coque, refino de petróleo, combustíveis nucleares e produção de álcool, que tem um Nuci de 98,2% em julho, pouco abaixo do 98,7% apurados em junho. Ele também destacou que o segmento produtor de veículos automotores tem um bom nível de utilidade. Porém, notou que o Nuci está, no geral, em patamares confortáveis.

Leia mais sobre indústria

Siga as últimas notícias de Economia no Twitter

 

Últimas Notícias

Ver mais
Pedágio Free Flow em rodovias no litoral de SP: saiba como vai funcionar
Brasil

Pedágio Free Flow em rodovias no litoral de SP: saiba como vai funcionar

Há 3 horas

Três lugares para aproveitar um brunch no Itaim Bibi
Casual

Três lugares para aproveitar um brunch no Itaim Bibi

Há 6 horas

Falta de planos de sucessão preocupa lideranças, aponta relatório da Russell Reynolds
Um conteúdo Esfera Brasil

Falta de planos de sucessão preocupa lideranças, aponta relatório da Russell Reynolds

Há 11 horas

Nunes assina decreto que suspende aumento de radares de trânsito em São Paulo
Brasil

Nunes assina decreto que suspende aumento de radares de trânsito em São Paulo

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais