Cenipa ainda não concluiu causa do acidente que matou Campos

A Aeronáutica acaba de concluir a fase de coleta de dados


	Jato cai em Santos: "Nenhuma hipótese foi concluída", afirmou chefe do Cenipa
 (Reprodução/Facebook Tássio Ricardo)

Jato cai em Santos: "Nenhuma hipótese foi concluída", afirmou chefe do Cenipa (Reprodução/Facebook Tássio Ricardo)

DR

Da Redação

Publicado em 26 de janeiro de 2015 às 15h34.

Brasília - A investigação conduzida pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) descartou incêndio em voo, colisão com drone, ave ou outro objeto no ar como causa do acidente que matou Eduardo Campos e outras seis pessoas no dia 13 de agosto de 2014.

A Aeronáutica acaba de concluir a fase de coleta de dados e, segundo o chefe do Cenipa, brigadeiro do Ar Dilton José Schuck, "não há qualquer conclusão factível" sobre as causas do acidente ainda.

"Nenhuma hipótese foi concluída", afirmou Schuck.

Mais de Brasil

Conflitos por terra batem recorde no Brasil no primeiro ano do governo Lula

Cármen Lúcia mantém condenação de Deltan por Power Point contra Lula

Risco fiscal está 'drenando oportunidades' do Brasil, diz Tarcísio

Fluxo de passageiros para o exterior cresce pelo 24º mês seguido mostra Anac

Mais na Exame