Brasil

Câmara mantém dispensa de registro biométrico de deputados do RS até dia 17

A medida busca facilitar o deslocamento dos parlamentares para suas bases eleitorais e auxiliar na mobilização de esforços para o atendimento às vítimas das inundações

A Mesa Diretora da Câmara dos Deputados decidiu manter a dispensa do registro biométrico da bancada do Rio Grande do Sul até a próxima sexta-feira, 17 (Nelson Junior/ASICS/TSE/Dedoc/Divulgação)

A Mesa Diretora da Câmara dos Deputados decidiu manter a dispensa do registro biométrico da bancada do Rio Grande do Sul até a próxima sexta-feira, 17 (Nelson Junior/ASICS/TSE/Dedoc/Divulgação)

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 11 de maio de 2024 às 12h59.

A Mesa Diretora da Câmara dos Deputados decidiu manter a dispensa do registro biométrico da bancada do Rio Grande do Sul até a próxima sexta-feira, 17. A medida em vigor desde o dia 6 busca facilitar o deslocamento dos parlamentares para suas bases eleitorais e auxiliar na mobilização de esforços para o atendimento às vítimas das inundações.

Boletim divulgado na manhã deste sábado, 11, pela Defesa Civil do Rio Grande do Sul, contabiliza 136 mortos em razão das enchentes. Ainda, 756 pessoas feridas, enquanto 125 seguem desaparecidas.

Até o momento, 444 municípios foram afetados pelos fortes temporais que atingem o Estado desde o fim de abril. Os números mostram 71.398 pessoas em abrigos, 339.928 desalojadas e um total de 1.951.402 pessoas afetadas.

Acompanhe tudo sobre:Eleições 2024

Mais de Brasil

Manifestantes voltam à Avenida Paulista para ato contra o PL do Aborto

Greve nas universidades federais: o que reivindicam os professores e quais são as ofertas do governo

Enel confirma a Lula investimento de R$ 20 bi para acabar com apagões

Enchentes paralisaram 63% das indústrias gaúchas, revela pesquisa

Mais na Exame