Acompanhe:

Aneel propõe reajuste médio de 22,07% para tarifas da Energisa Acre

A proposta ainda será submetida à consulta pública e a previsão é que os novos valores passem a valer a partir de 13 de dezembro

Modo escuro

Continua após a publicidade
Aneel: Para os consumidores atendidos em alta tensão, como as indústrias, o reajuste médio proposto é de 27,31% (Helder Faria/Getty Images)

Aneel: Para os consumidores atendidos em alta tensão, como as indústrias, o reajuste médio proposto é de 27,31% (Helder Faria/Getty Images)

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) propôs reajuste médio de 22,07% para as tarifas da Energisa Acre. A proposta ainda será submetida à consulta pública e a previsão é que os novos valores passem a valer a partir de 13 de dezembro.

Para os consumidores atendidos em alta tensão, como as indústrias, o reajuste médio proposto é de 27,31%. Já para os conectados em baixa tensão, grupo que inclui os residenciais, é de, em média, 20,86%. Para os consumidores residenciais, o aumento previsto é de 20,55%.

Receba as notícias mais relevantes do Brasil e do mundo em primeira mão. Inscreva-se no Telegram da Exame

Valores

Os valores ainda podem ser alterados. A agência irá receber contribuições sobre o tema no período de 6 de setembro a 20 de outubro. Está prevista ainda uma audiência pública presencial em 5 de outubro, em Rio Branco (AC).

Os porcentuais de reajustes compõem a proposta de revisão tarifária da distribuidora. Além de atualizar os valores pagos pelos consumidores, outros parâmetros são estabelecidos pela Aneel nesse tipo de processo tarifário, que é feito a cada quatro ou cinco anos.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Bolsonaro fica em silêncio em depoimento à PF, diz defesa
Brasil

Bolsonaro fica em silêncio em depoimento à PF, diz defesa

Há 3 horas

Chuvas causam estragos em Campos do Jordão, Aparecida e mais cidades de SP
Brasil

Chuvas causam estragos em Campos do Jordão, Aparecida e mais cidades de SP

Há 3 horas

'Não interessa ao Brasil viver em um mundo fraturado', diz Mauro Vieira no final da reunião do G20
Brasil

'Não interessa ao Brasil viver em um mundo fraturado', diz Mauro Vieira no final da reunião do G20

Há 4 horas

Governo antecipa pagamento de R$ 30,1 bi em precatórios para ajudar crescimento no início do ano
Brasil

Governo antecipa pagamento de R$ 30,1 bi em precatórios para ajudar crescimento no início do ano

Há 4 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais