LG não tem interesse em produzir o Nexus 5, disse executivo

Enquanto empresa lançava versão branca do Nexus 4, vice-presidente da LG na Europa declarou que fabricante não tem planos de lançar um Nexus 5

São Paulo – A LG parece desinteressada na produção de uma nova geração do smartphone Nexus 4, fabricado pela marca em parceria com o Google. De acordo com Kim Wong, vice-presidente de mobile da LG na Europa, não existe qualquer plano para o lançamento de um Nexus 5 da LG.

“O Nexus 4 foi um grande sucesso, apesar dos problemas enfrentados por nós e pelo Google. Contudo, não precisamos de outro hit de marketing como este”, falou Wong ao site holandês All About Phones. A declaração foi dada em um momento no qual a marca sul-coreana revelou uma versão branca do smartphone.

Equipado com as mesmas especificações que o modelo à venda no mercado desde o ano passado, o dispositivo estará disponível, de início, apenas em Hong Kong. De acordo com a LG, o Nexus 4 branco será em seguida levado aos Estados Unidos e Europa, sem qualquer menção ao Brasil.

O lançamento, que não trouxe nenhuma novidade além da cor, mostra o quão incerto o futuro do smartphone é no momento. Às vésperas da Google I/O 2013, conferência anual do Google que aconteceu em meados de maio, especulava-se se a empresa anunciaria o Nexus 5 ou atualizações ao Nexus 4, como a inclusão de suporte para a rede 4G, por exemplo.


Ao invés de notícias sobre o smartphone, contudo, o Google surpreendeu e apresentou uma versão do Galaxy S4, da Samsung, com o Android 4.2 puro, isto é, sem softwares pré-instalados pela dona do dispositivo.

“Não temos a intenção de adotar a estratégia da Samsung neste sentido”, continuou Wong. Para o executivo, a fabricação de um smartphone equipado com o sistema, mas que não conte com “toques” da LG, como o próprio Nexus 4, não agrega valor algum para a empresa.

Mas, apesar de as declarações terem sido dadas pelo executivo, que pertence ao alto escalão da empresa no velho continente, o site The Verge e o jornal Washington Post receberam satisfações diferentes da empresa. Em nota, a LG manifestou que não está, no momento, trabalhando em um Nexus 5, mas que isso não significa que negaria a oportunidade, caso a mesma fosse oferecida pelo Google.

Ainda durante a entrevista, Wong deixou escapar sinais de que a LG irá lançar smartphones baseados em “uma terceira plataforma”. O vice-presidente não deixou claro qual sistema seria este, mas revelou que a LG “depende demais do Android”, e que dispositivos com Windows Phone não seriam uma prioridade. Para o The Verge, tudo indica que a LG estaria de olho em novos sistemas operacionais, como o Firefox, Tizen ou Ubuntu. 

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.