Revista Exame

Looks que nunca falham

Praia, campo, cidade, de dia ou à noite: saiba o que usar em situações recorrentes

Óculos Montblanc, blazer Brunello Cucinelli, loafer Louie (Divulgação/Divulgação)

Óculos Montblanc, blazer Brunello Cucinelli, loafer Louie (Divulgação/Divulgação)

Ivan Padilla
Ivan Padilla

Editor de Casual e Especiais

Publicado em 10 de outubro de 2023 às 06h00.

Casamento na praia

Aposta segura: se o convite não informar o dress code, o look clássico é a melhor escolha. Se o evento for de dia, vá de costume claro; se for à noite, opte por um modelo marinho. Para driblar o inevitável calor, prefira tecidos leves, como a lã fria Super 180 ou mesmo o linho, um grande aliado de festas à beira-mar.

Detalhes: a gravata precisa seguir a cartela do costume — bege-rosado, azul-claro ou rosa são escolhas recorrentes. Quando a festa engrenar, o acessório pode ir para o bolso do paletó. Coloque um ramo de flor na lapela e, nos pés, dockside, mocassim ou uma sandália de couro. Óculos estão liberados.

Casamento no campo

Aposta segura: eventos diurnos tendem a optar pela informalidade, que é sinônimo de terno cinza-claro ou bege. Se o casamento for à noite ou no fim de tarde, prefira tons mais escuros, pois a festa não vai acabar tão cedo. Azul-marinho ou cinza-escuro dão conta do recado.

Detalhes: a gravata costuma ser dispensada nesses casos (até mesmo para os noivos), e a camisa pode ser listrada ou até quadriculada. Sapatos brogue, abotinados marrons e até mesmo calçados bem casuais são vistos com frequência em eventos do tipo. Atenção: nada de meias muito chamativas.

Oxford Salvatore Ferragamo, camisa Philipp Plein, gravata Brioni (Divulgação/Divulgação)

Casamento na cidade (de dia)

Aposta segura: trata-se de uma situação ideal para tirar do armário o terno, que, você sabe, não dispensa o colete (não confundir com costume). O acessório ajuda você a se manter na estica, mesmo na inevitável hora de tirar o paletó. Atenção: essa dica não vale só para os pais dos noivos e padrinhos. Cinza ou azul-marinho são as cores mais indicadas.

Detalhes: fuja daquela gravata plastron, de gosto discutível, e prefira uma tradicional, clarinha (as mais finas são as mais indicadas). Sapatos clássicos são os mais recomendados. Convém não se esquecer de um belo relógio.

Relógio Montblanc, gravata Hugo Boss, colete Hugo Boss (Divulgação/Divulgação)

Casamento na cidade (à noite)

Aposta segura: casamentos que pedem smoking e gravata-borboleta são cada vez mais raros, o que é uma pena. O substituto dele, em recepções mais formais, costuma ser o terno preto com direito a camisa branca com colarinho atual e gravata estreita. Um modelo azul-marinho é outra escolha acertada.

Detalhes: vale a pena colocar uma flor na lapela e um lenço no bolso do paletó, o pocket square. Ah, e abotoaduras, difíceis de usar no dia a dia. O sapato mais indicado é o oxford, que precisa estar impecável. Aproveite a ocasião para usar o seu relógio preferido.

Calça Be.each, mochila Reserva, blazer Paramount alfaiataria (Divulgação/Divulgação)

Entrevista de emprego

Aposta segura: chegar de terno a uma startup na qual só se usa moletom e colete puffer pode ser uma roubada. Daí a importância de se inteirar sobre a companhia antes de bater o martelo no figurino. Na dúvida, lembre-se de que a primeira impressão é a que fica. Um blazer, uma camisa social discreta e sapatos despretensiosos sempre funcionam.

Detalhes: aposte em acessórios que dão pistas de sua personalidade, como pulseiras de couro e anéis. Se usar barba, não se esqueça de dar um trato nela (o mesmo vale para o cabelo). Se o smartphone estiver com a tela quebrada, deixe-o no bolso o tempo inteiro. E não se esqueça de levar uma pasta ou uma mochila impecável.

Tênis Havaianas, blazer Osklen, relógio Montblanc (Divulgação/Divulgação)

Jantar com o chefe

Aposta segura: um costume de cor discreta vai deixá-lo confortável e seguro do começo ao fim do evento. Dispense a gravata para mostrar que você não se sentiu intimidado com o convite do chefe. Camisas são mais indicadas, mas uma camiseta lisa com algum detalhe também está à altura do programa.

Detalhes: uma bota social ou um par de sneakers, que precisam estar impecáveis, vão ajudá-lo a se destacar. O mesmo vale para o lenço no bolso do paletó, o pocket square. Previna-se e leve uma carteira da qual você não sinta vergonha. É de bom tom tirá-la do bolso quando chegar a conta, mesmo que ela não sobre para você.

Óculos Montblanc, sneaker Brioni, jeans John John, polo Ralph Lauren (Divulgação/Divulgação)

Almoço de fim de semana

Aposta segura: não tenha medo de tirar a bermuda do guarda-roupa (desde que ela esteja impecável e não fique gigantesca no seu corpo). Não quer deixar as pernas à mostra? Opte por calça chino com cor clara, que combina com qualquer blazer ou cardigã. Camisas leves e frescas são as mais indicadas, assim como as estampadas, de manga curta, ou as camisas polo.

Detalhes: o calçado mais apropriado é o mocassim, que também pode dar lugar a um par de sneakers clarinhos. Mesmo se estiver de calça, convém não usar meias ou bater o martelo naquelas que não ficam à mostra. Óculos de sol estilosos são mais que bem-vindos.


Diferencial para poucos

Tudo sobre a gravata-borboleta, que combina com smokings e ternos modernos

1. Envolva a gravata ao redor do pescoço. Deixe a ponta de cima aproximadamente 3 cm maior do que a outra.

2. Cruze o lado mais comprido sobre o curto. Passe a ponta maior por dentro, formando um nó simples.

3. Coloque o lado solto para a esquerda e depois dobre-o sobre si mesmo para a direita. Segure essa dobra.

4. A dobra será o laço entre as duas pontas do colarinho. Estique a ponta que passou por dentro até a frente do laço.

5. Pegue os dois lados do laço na horizontal e empurre-os para encostar na ponta solta. Ele deve ficar no meio.

6. Para finalizar o nó da gravata, aperte o laço puxando os dois lados e as duas metades simultaneamente.


Clássico imbatível

O smoking, quem diria, continua a ser exigido em alguns eventos. Sinônimo de gala, o traje remete aos tapetes vermelhos e remonta a um hábito que definitivamente já saiu de moda: fumar. Como o nome da vestimenta não deixa mentir, ela era usada pelos ingleses, no século 19, quando eles iam baforar seus charutos. Daí a preferência por tecidos como o veludo, no qual a fumaça impregna menos. Quem popularizou a vestimenta nos Estados Unidos foi o aristocrata americano James Potter. Depois de ele usá-la no exclusivíssimo clube Tuxedo Park, em Nova York, vários outros endinheirados americanos teriam caído de amores por ela. Com o passar dos anos vieram a gravata-borboleta, a lapela acetinada e uma aura de elegância inquestionável. Quem se dispõe a vestir um smoking nunca passa despercebido, como o 007.


Bagagem versátil 

Os novos artigos de couro da Montblanc remetem a rotinas dinâmicas e estilosas

1. Meisterstück Selection Soft 24/7

O nome reforça um dos principais diferenciais do acessório, idealizado para ser usado 24 horas por dia, de segunda a segunda. Com alças e puxadores de zíper que remetem ao mundo da escrita, acomoda uma ampla gama de pertences. Dispõe de três bolsos com zíper na parte externa, enquanto na parte interna há mais um bolso com zíper e outro aberto, além de duas presilhas para segurar canetas.

2. Montblanc Meisterstück Selection Soft

Confere praticidade para quem enfrenta rotinas agitadas e versáteis. O compartimento principal acomoda pertences maiores sem aperto e ainda oferece um bolso com zíper e um aberto para facilitar o acesso a itens menores. Duas argolas para canetas favorecem o transporte de instrumentos de escrita e, do lado externo, ainda há dois bolsos com zíper e um gancho.

3. Meisterstück Selection Soft Medium Duffle Black

De tamanho médio, é ideal para viagens de negócios e escapadas de fim de semana. Do lado de fora há um bolso com zíper e outro aberto, para acomodar pequenos objetos. Já na parte interna o acessório dispõe de um bolso adicional com zíper, de um bolso aberto e de duas alças para guardar instrumentos de escrita.

4. Montblanc Extreme 3.0 com três compartimentos

Com um compartimento acolchoado para laptops de até 15 polegadas, vários bolsos e dois porta-canetas para instrumentos de escrita, esta mochila atende qualquer profissional que esteja imerso em jornadas híbridas de trabalho ou viva na ponte-aérea. Repare nos relevos do couro utilizado, que conferem um charme extra.

5. Montblanc Extreme 3.0 Document Case

O formato clássico combina tanto com profissionais que se portam com certa formalidade e circulam em ambientes solenes como com pessoas que não se importam em quebrar padrões. Inspirada no mundo dos negócios, destaca-se pelo bolso com zíper, pelos dois bolsos abertos e pelas duas alças para instrumentos de escrita. Pode ser levada pela alça de mão, no ombro ou transversalmente no peito, pelas alças superiores.

6. Montblanc Extreme 3.0 Mochila com fecho

A fivela M LOCK 4810, que salta aos olhos, é inspirada no mundo da escalada e confere certa ousadia à peça. Pensada para pessoas urbanas que buscam praticidade no dia a dia, oferece um compartimento acolchoado para laptops de até 13 polegadas, vários bolsos e dois porta-canetas para instrumentos de escrita.


Aliado de todas as horas

Como acertar na escolha do cinto, que nem sempre ganha a devida atenção

1. CLARO → Osklen

Uma opção que traz leveza. Não é preciso combinar a cor do cinto com a do sapato.

2. TRESSÊ → Oriba

O couro trançado confere um charme extra às composições sofisticadas.

3. CADARÇO → 2Essential

É uma opção acertada para looks despojados. Combina bastante com bermuda e chinelo.

4. FORMAL → Osklen

De couro liso e com fivela discreta, vai bem com jeans e calças de alfaiataria.

5. TEXTURIZADO → Montblanc

O couro deste tipo não passa despercebido. Com uma fivela mais imponente, chama a atenção na medida certa.

6. CHAMATIVO → Montblanc

Para fugir do visual clássico, aposte neste modelo urbano e bem chamativo.


Sociedade dos anéis

O que você precisa saber antes de se render ao acessório

→ 1 Polegar

Simboliza interação ou amizade, além de riqueza e poder. Ideal para usar com outros anéis na mesma mão.

→ 2 Indicador

Em geral é o dedo reservado para anéis com brasões de família e fraternidades. Aposte em modelos clássicos.

→ 3 Médio

Melhor dar preferência a versões minimalistas, sem muitos detalhes. Afinal, é um dedo que já deixou muita gente ofendida.

→ 4 Anelar

Não esqueça: é o dedo que mostra que você é comprometido ou casado. Opte por anéis simples, de ouro (branco ou amarelo) ou prata.

→ 5 Mínimo

Vale usar anéis finos ou grossos, de preferência com desenhos ou pedra. Mostra que você é alguém que tem o que dizer.


Um toque a mais

Por que vale a pena investir em acessórios como anéis, pulseiras e canetas

Em sentido horário, corrente Vivara, pulseira Montblanc, anel Vivara, caneta Montblanc Writers Edition, caneta Montblanc Meisterstück Volta ao Mundo em 80 Dias, colar Life by Vivara, anel Vivara e anel Vivara (Divulgação/Divulgação)

Boa parte das mulheres não vive sem anéis, pulseiras e pingentes desde que se entende por gente. Não é o caso dos homens, que não raro acreditam que acessórios do tipo não são para eles. Bobagem! Anéis e companhia são diferenciais mais que bem-vindos para homens e denotam enorme autoconfiança. Convém apostar em anéis, pulseiras e colares mais discretos, pois são mais fáceis de combinar e não chamam tanta atenção em ambientes corporativos. Faltou falar que canetas estilosas fazem toda a diferença.

Acompanhe tudo sobre:guia-de-estilo

Mais de Revista Exame

Melhores do ESG: os destaques do ano em energia

ESG na essência

Melhores do ESG: os destaques do ano em telecomunicações, tecnologia e mídia

Conheça o castelo na França exclusivo para convidados da Moët & Chandon

Mais na Exame