• AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
  • AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
Abra sua conta no BTG

Davi contra os Golias

Fintech de pagamentos que cresceu em nichos como oficinas mecânicas agora quer brigar com os gigantes
Por Denyse GodoyPublicado em 07/05/2020 05:06 | Última atualização em 12/02/2021 13:11Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Ao estudar sobre empreendedorismo no início dos anos 2010, o engenheiro de produção (e ex-jogador de futebol profissional) Olavo Cabral Netto ficou  chocado quando descobriu que, naquela época, um terço das empresas fechava antes de completar dois anos de atividade. O principal problema era financeiro — falta de crédito e de capital de giro para manter e expandir as operações.

Cabral Netto decidiu se dedicar a buscar soluções, e assim criou, em 2014, a Listo, uma fintech de pagamentos eletrônicos. Desde o início, repassava aos lojistas os valores pagos pelos consumidores no débito ou no crédito no mesmo dia e não cobrava pelo terminal de passar cartão, facilidades que as grandes concorrentes do setor só começaram a oferecer com o acirramento da guerra das maquininhas nos últimos dois anos.

A Listo foi ganhando clientes no boca a boca em nichos específicos de mercado. Atualmente, 71% são oficinas mecânicas. “O segredo foi estabelecer um relacionamento muito próximo com os clientes e buscar de fato ajudá-los a crescer, como um parceiro”, conta Cabral Netto, que controla 80% da Listo, enquanto seu sócio, Ravin Mehta, tem 20%.

Ouvindo os usuários, a Listo construiu — com sua equipe interna — uma plataforma de gerenciamento financeiro dos negócios, disponibilizada gratuitamente. Em 2019, faturou 210 milhões de reais, mais do que o dobro dos 98 milhões de 2018, e lucrou 92 milhões, ante 41 milhões do ano anterior. Desde o início, contou apenas com aportes do fundador e com a captação de 460 milhões de reais por Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FDICs).

Agora, a Listo quer ganhar espaço em outros setores, competindo com gigantes como PagSeguro, Mercado Pago e SafraPay. Um dos grandes alvos é o varejo de material de construção.

Veja Também

Fintech da Magalu vai oferecer empréstimo pessoal e cartão de crédito
Minhas Finanças
Há uma semana • 4 min de leitura

Fintech da Magalu vai oferecer empréstimo pessoal e cartão de crédito

Banco digital para mulheres lança investimento automático
Minhas Finanças
Há uma semana • 3 min de leitura

Banco digital para mulheres lança investimento automático

Solfácil, de energia solar, capta R$ 500 mi em rodada com Softbank
Negócios
Há uma semana • 5 min de leitura

Solfácil, de energia solar, capta R$ 500 mi em rodada com Softbank