Acompanhe:

Mercado Livre dá desconto para empreendedor vender pela plataforma

Companhia conta hoje com 11 milhões de vendedores na América Latina, e a expectativa é que, com a campanha, esse número aumente entre 20% e 25%

Modo escuro

Continua após a publicidade
Mercado Livre: empresa tem 44 milhões de compradores - número esse que vem crescendo também dadas as restrições por causa do novo coronavíru (Mercado Livre/Divulgação/Divulgação)

Mercado Livre: empresa tem 44 milhões de compradores - número esse que vem crescendo também dadas as restrições por causa do novo coronavíru (Mercado Livre/Divulgação/Divulgação)

N
Natália Flach

Publicado em 16 de abril de 2020 às, 15h50.

Última atualização em 16 de abril de 2020 às, 17h07.

As medidas de isolamento social fizeram com que muitos lojistas tivessem que fechar as portas, mesmo com caixa positivo e produtos para vender. A saída para esses empreendedores tem sido migrar o comércio fisico para o online. Para ajudar nessa transição, o Mercado Livre, empresa de tecnologia para ecommerce e serviços financeiros, vai dar desconto de 30% nas comissões para novos vendedores no marketplace até o dia 30 de junho.

Já para aqueles que preferirem abrir a sua própria loja dentro do Mercado Shops, não haverá cobrança de comissão em abril e, nos três meses seguintes, será aplicado um desconto de 70%.

As regras do marketplace e do Mercado Shops valem para qualquer tamanho de empresa, de microempreendedores individuais (MEI) a grandes companhias, desde que a conta no Mercado Livre tenha sido aberta a partir de 1o de abril. Além disso, estão incluídos todos os tipos de produtos - desde que respeitando a política do que pode ser vendido na plataforma - e valores, desde que custem mais de 6 reais, que é o preço mínimo definido pelo Mercado Livre.

"O nosso intuito é ajudar o pequeno e o médio empreendedor que viram queda de faturamento da ordem de 65%", afirma Bruno Guarnieri, diretor de marketplace do Mercado Livre no Brasil, em entrevista exclusiva à EXAME. "Nós já sentimos um aumento de vendedores na plataforma entre o final de março e início de abril."

Atualmente, o Mercado Livre conta com 11 milhões de vendedores na América Latina, e a expectativa é que, com a campanha, esse número aumente entre 20% e 25%. Já o total de compradores alcança 44 milhões - número esse que vem crescendo também dadas as restrições por causa do novo coronavírus. "Entre a última semana de março e a primeira de abril, o número de novos compradores via internet dobrou em todo o mercado, e isso teve reflexos também no Mercado Livre", diz Guarnieri.

Além do desconto, o Mercado Pago, braço financeiro do Mercado Livre, anunciou nesta semana a criação de uma linha de crédito voltada para o pequeno e médio empreendedor de 600 milhões de reais.

Confira abaixo as condições oferecidas aos empreendedores:

Marketplace:

  • Desconto de 30% na comissão para novos vendedores até 30 de junho de 2020:
  • No anúncio Clássico, a comissão passa de 11% para 7,7%
  • No anúncio Premium, a comissão passa de 16% para 11,2%
    • Material simples e orientado para os primeiros passos do empreendedor na plataforma
    • Acesso a lives e webinars que trarão dicas sobre como vender no Mercado Livre

     Mercado Shops (loja própria online)

    • Comissão grátis no mês de abril - a partir da data de criação da loja até 30 de abril
    • Após o primeiro mês, desconto de mais de 70% na comissão até o dia 31 de julho de 2020:

      • Clássico: 3% (desconto de 73%)
      • Premium: 8% (desconto de 50%)

    Últimas Notícias

    Ver mais
    Energias renováveis movimentam R$ 50 bilhões em fusões e aquisições em 10 anos
    ESG

    Energias renováveis movimentam R$ 50 bilhões em fusões e aquisições em 10 anos

    Há um dia

    Mercado Livre tem mais um trimestre forte e lucro bate recorde em 2023
    Exame IN

    Mercado Livre tem mais um trimestre forte e lucro bate recorde em 2023

    Há 5 dias

    Como escola de negócios virou exemplo da aplicação do "S" da sigla "ESG" 
    Um conteúdo Bússola

    Como escola de negócios virou exemplo da aplicação do "S" da sigla "ESG" 

    Há uma semana

    Por que Sara Delfim, da Dahlia, investe nesta varejista: “é a mais eficiente do Brasil”
    seloMercados

    Por que Sara Delfim, da Dahlia, investe nesta varejista: “é a mais eficiente do Brasil”

    Há uma semana

    Continua após a publicidade
    icon

    Branded contents

    Ver mais

    Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

    Exame.com

    Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

    Leia mais